Diabetes – Aderir ao tratamento é importante

Diversos fatores estão associados ao crescimento do número de indivíduos com diabetes no mundo. Entre eles, o aumento da expectativa de vida, o sedentarismo e as mudanças nos hábitos alimentares, resultando em um aumento no número de obesos. Ser diagnosticado com diabetes pode implicar uma mudança no estilo de vida, mas não se assuste. No primeiro momento é importante procurar se preparar e se educar para uma nova fase. Manter-se informado e entender o diabetes é importante para o tratamento.

Aproveite as consultas com o médico para perguntar todas as dúvidas. Esta é uma maneira de controlar a ansiedade, entender quais são os próximos passos para se cuidar e ficar por dentro do que está acontecendo com você.

Além de educar-se, uma nova forma de alimentação, personalizada a cada indivíduo e que combine os grupos de alimentos, também passará a fazer parte da vida. É indicado, portanto, que a pessoa recém-diagnosticada consulte um(a) nutricionista. Ele(a) poderá receitar um novo programa alimentar baseado no estilo de vida, hábitos e tipo físico de cada paciente, idade e tipo de metabolismo. O(A) nutricionista é importante, pois auxiliará na reeducação alimentar e ajudará a evitar equívocos relacionados ao diabetes, como acreditar que basta retirar o açúcar da alimentação ou simplesmente cortar os carboidratos como massas e pães, por completo do cardápio, para tratar-se.

Profissionais da saúde mental como psicólogo(a) ou psiquiatra também podem ajudar nessa fase. Procure alguém que possa auxiliar a lidar com o estresse e os medos que podem surgir nesse momento ou busque auxílio em alguma associação relacionada ao diabetes, com encontros entre pacientes e médicos, em que as pessoas podem trocar informações e experiências, o que pode ser bastante reconfortante e gratificante.

Faz também parte do tratamento a inserção de uma rotina de atividades físicas. O hábito saudável de praticar exercícios auxilia não somente a manter o bom controle do índice glicêmico, como ajuda a evitar a ansiedade e traz bem-estar, muito importantes para o paciente.

MARQUE SUA CONSULTA: Dr. Leonardo Alves na Clínica Cardiovasc

FONTE

Lerario, Antônio Carlos. Diabetes Mellitus.
Disponível em: http://www.moreirajr.com.br/revistas.asp?fase=r003&id_materia=3184
Acesso em: 6 set. 2011.

Things to Know for the Newly Diagnosed.
Disponível em: http://blog.joslin.org/2010/11/things-to-know-for-the-newly-diagnosed/
Acesso em: 6 set. 2011.

Merino Alvarez, Dra. Marlene. Primeira Consulta. Sociedade Brasileira de Diabetes.
Disponível em: http://www.diabetes.org.br/indice-glicemico/214-primeira-consulta

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico cardiologista, CRMMG; 33.669, Mineiro, graduado na UFMG, turma de 1999. Adora medicina e gosta de contribuir com Posts e Temas relacionados à cardiologia e à saúde Cardiovascular, Alimentação saudável e Exercícios eficientes.

Share This Post On

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>