Quê são extra-sístoles? Elas causam morte súbita?

sistema eletrico Quê são extra sístoles? Elas causam morte súbita?A extrassístole ventricular é um batimento cardíaco extra produzido pela ativação das células dos ventrículos. A importância dessa arritmia é que ela poderá ser a precursora de arritmias cardíacas ventriculares mais graves (extrassistolia ventriuclar maligna), como a taquicardia e a fibrilação ventriculares, que são causas de parada cardíaca e morte subita. Gostaria de saber se extrasistoles causa mesmo a MORTE SUBITA.

Olá, Nadjane… Seu comentário neste post mereceu um post específico para esclarecer melhor.

As Extra-sístoles:

São batimentos extra (não esperados), que ocorreram fora do plano normal de ocorrência.

Onde originam-se?

Eles podem originar de QUALQUER parte do coração. Preferencialmente e mais comumente, ocorrem ao longo do feixe de His. Se ocorrerem nos átrios ou no nó átrio-ventricular, eles são chamados de SUPRA-ventriculares; se ocorrem ao longo do feixe de HIS ou no músculo cardíaco ventricular, são chamados de VENTRICULARES.

As extra-sístoles ventriculares são graves?

1 – No geral, NÃO, não são graves! As famosas extra-sístoles são muito comuns em pacientes ansiosos, usuários de refrigerantes à base de cola, tabagismo e em tomadores de café.

2 – Quando o coração tem uma forma normal (sem doenças, sem estar dilatado, sem ter problema de válvulas, sem hipertrofias, etc), ou seja, MORFOLOGICAMENTE (forma) e FUNCIONALMENTE (função) normal, estas extra-sístoles ventriculares costumam SOMENTE incomodar, mas não matar.

Elas são precursoras de Arritmias graves?

Depende de qual coração estamos falando.

a) Um coração normal: Não, elas não são precursoras de Arritmias fatais e graves.

b) Em um coração dilatado, fraco, com disfunção sistólica, problemas de válvulas: elas PODEM ser precursoras de arritmias fatais… mas…

c) Extra-sístoles ISOLADAS (sem virem aos pares ou em tríades, trios) não costumam ser graves, mesmo em corações com problemas.

Quando devemos nos preocupar, então?

O paciente deve se preocupar quando o seu médico disser a ele que é grave. Consulte o seu médico, mas… de modo geral, as extra-sístoles em pares ou quando ocorrem mais de três juntas (taquicardia ventricular não sustentada), tornam-se motivo de preocupação…

Ah, bem, mas aí já é (quase) outra doença!

Sim, é quase outra doença. Um paciente com Taquicardia ventricular é OUTRO paciente. Ele é tratado de modo diferente! Que fique bem claro.

As famosas Extra-sístoles NÃO são motivos para pãnico, principalmente após uma avaliação do seu cardiologista.

O seu exame apresentou TAQUICARDIA VENTRICULAR NÃO SUSTENTADA? Você leu este termo no seu exame?

Author: Dr. Leonardo Alves

Médico cardiologista, CRMMG; 33.669, Mineiro, graduado na UFMG, turma de 1999. Adora medicina e gosta de contribuir com Posts e Temas relacionados à cardiologia e à saúde Cardiovascular, Alimentação saudável e Exercícios eficientes.

Share This Post On

242 Comments

  1. Dr. Leonardo, Boa Noite,
    Que ótimo, que voce mais uma vez pode me ajudar, me ouvindo, porque este é o meu problema e o meu medo, nao sei se voce pode me enterder mas todos os cardiologista que eu tenho indo nenhuma me explicou, procurou conversar comigo, talvés este pânico que tenho, este medo esta insegurança, deve ser por falta de informação.
    Pelo que entendi voce falou que se o coração for sadio, não tem problema nenhum, mas se for fraco… ou se for taquicardia ventricular não sustentada… ) o meu holter foi exatamente como descrevi para voce, no eletro a conçlusão foi: ECG sem alterações dignas de nota. Voce entende a minha preucupação? Voce esta sendo o primeiro médico que esta me explicando me ajudando. Sempre que procuro um médico eles só mandam eu procurar um psicologo, tomar Rivotril, Atenolol, mas não explica se TEM CURA e porque mesmo tomando atenolol continuo sentindo. Por QUANTO TEMPO, este problema ou esta doença vou conviver com ela pra sempre? Quando voce fala em pares ou tres juntas, voce quer dizer que é uma atras da outra?porque as vezes em um dia sito varias vezes é isto que me preocupa. Fico me perguntando será que os musculos do meu coração vai adoecer, será que no futuro eles vao mandar eu usar marcapasso, de tanto atenelol?, é ai que entra tanta dúvida,me desculpe, eu está tomando o seu tempo…Se não for pedir demais que exame devo fazer para saber se meu coração esta em forma, até hoje, só fim ELETRO, HOLTER, ESTEIRA.Obrigadoooooo mesmo….
    Fico feliz, por ter te encontrado.
    Parabéns pelo seu blog, pode ter certeza que voce esta ajudando muita gente.
    Abraços, que Deus te abençõe.

    Post a Reply
    • Olá, fico feliz que esteja gostando do Blog.
      E sugiro que fique tranquila, mais uma vez.

      1 – Atenolol não lhe causará bloqueio.
      2 – O maior problema é o PÂNICO. Este é um problema que promove ansiedade e “despeja” adrenalina no corpo… e adrenalina e ansiedade são o alimento para as extra-sístoles…

      CICLO VICIOSO:
      Ansiedade – Adrenalina – Extra-sístoles-Palpitações-Pânico…
      Mais Ansiedade – Mais Adrenalina – Mais Extra-sístoles-Mais Palpitações-Mais Pânico…

      Aí, a coisa não para!

      ENTÃO, COMO TRATAR?
      Primeiro: “cortar” a alimentação do problema: a ANSIEDADE – seja com psicólogo ou com medicação.
      Segundo: Absorver / entender / internalizar psicologicamente que o problema é psicológico e não cardíaco.
      Terceiro: Conversar bastante com o psicólogo para entender/buscar a causa-mãe desta ansiedade.
      Quarto: Aguardar (COM CALMA)… que quando cortamos a “alimentação” das extra-sístoles, elas vão melhorando AOS POUCOS… demora algum tempo.

      Quinto (e muitíssimo importante): Entender que extra-sístoles NÃO MATAM. A pessoa está em pânico, por quê? por quê está com medo de morrer… Ela precisa entender que EXTRA-SÍSTOLE NÃO MATA – INCOMODA (muito), mas não mata!.

      Espero ter ajudado.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • Olá Dr. Eu tenho extra-sistoles ventriculares isolados (o Holter marcou 650 em 24h). O Cardiologista disse-me para não me preocupar porque o ecocardigrama que eu fiz apresenta tudo normal. Ele diz que não dá nenhum medicamento porque a minha situação não é perigosa, e a medicação apresenta sempre efeitos secundários. No entanto continuo com esta sensação horrivel há alturas que parece que vou desmaiar . Não sei se devo ir a outro cardiologista, ou se vou a um psicologo :) .

        Post a Reply
      • Dr. Leandro Alves Bom dia! Eu tenho, justamente, o que o Sr. relatou. De fato é uma sensação que vou morrer e as pessoas não entendem pensa que agente é maluco ou está procurando doença onde não existe. E além de tudo que afeta a nossa vida no trabalho, na vida conjugal, familiar etc. Eu não gostaria com toda honestidade de fazer o tratamento com medicação, pois, temo de ficar com dependência do mesmo. Então, estou tentando me tratar buscando controlar a minha ansiedade e como eu já sei os sintomas, pois, antes de descobrir que se tratava de Síndrome do Pânico eu fui parar em 6 emergências até que uma médica descobriu e disse que isso seria psicológico. Então, temo em procurar ajuda psiquiatra e ele na passar medicação forte e depois eu tenha que para ficar tranquila, apenas sob medicação. O que faço?

        Post a Reply
        • Olá,
          Procure o psiquiatra… ele fará muito bem para você, com a Sindrome do Pânico, não a deixe piorar, trate logo e faça acompanhamento com psicólogo.
          Muitos pacientse meus melhoram após o tratamento com psiquiatra, melhoram MUITO.
          Abraços.

          Post a Reply
    • Olá Dr. Leonardo.
      Eu fui ao médico, porque havia percebido que meus batimentos cardíacos estavam diferentes, então eu fiz um eletro e através de um exame periódico, o médico diagnosticou extra sistole.
      Tomo muito guaraná em pó pois estudo trabalho…durmo tarde e acordo cedo.
      Isso também pode ter alterado, digo, evoluído para esse diagnóstico?
      Obrigada pela atenção.

      Post a Reply
    • Noossa,sinto o mesmo que vc,tenho 18 anos,e assim como vc estava,eu estou com as mesmas preocupações e medos,já fui a três cardios e todos falavam a mesma coisa,o terceiro que me passou uns exames e também atenolol e fluoxetina,sinto as mesmas batidas irregulares que vc,as vezes bate,duas,tres vezes seguidas e é isso que causa mais pânico,vou ao psiquiatra,e vou tentar me controlar,o que piora as coisas é o medo de morrer,nos restringe das coisas básicas da vida,não posso ver notícia de alguem que morreu de alguma doença no coração que já entro em pânico,mas vamos pedir fé a DEUS e acreditar,nossa vida estando nas mãos dele,está protegida e só acontecerá o que ele permitir.

      Post a Reply
      • Não vá de imediato a um psiquiatra. Esse foi meu erro, e não melhorei antes por ter ido direto no psiquiatra. O que vc descreveu é exatamente o que eu passo há exatos 6 meses, inclusive a ansiedade que passo quando vejo notícia de mortes por problema cardíaco. Vá primeiro ao psicólogo e se dedique a ouvir mais a palavra de Deus, é o que tem ajudado de forma mais eficiente. No psiquiatra ele só vai te passar remédios que não tratam a causa do que passamos. Além disso, os medicamentos podem dar efeitos colaterais, que eu senti. Tive o pior mês da minha vida quando tomei os remédios. Suspendi, procurei o psicólogo, passei a frequentar mais a Igreja e melhorei 70%. Fé em Deus!

        Post a Reply
    • Terezinha, boa tarde Dr Leonardo desde pequena achava algo estranho e mim com meus batimentos rápido mas tinha um pavor de médico medo do diágnóstico , ms fui crescendo então com 21 anos o sintomas foram aumentando estava no mercado e trinha de sair com taquicardia e fiz eletro deu O TEMPtaquicardia sinusal então fiz um eco deu disfunção diasto´lica grau leve com insuyfuiencia mitral de grau levecom idade de agora 59 anos me sinto pior mas não creiam em mime então com com 42 anos passei ter tonturas onde fiquei apavora DEMAIS E MEDO DE MORRER MAS , holter acusou extra- sistoles rara e isoladas. Sou muito ansiosa faço uso de propalanol de 40mg e rivotril pra depressão talvez de vido e sta doença. AOS 48 anos surge um dor superficial no peito que seu destino na lombar . SERÁ TEM A VER com as coisas que sinto?doi entre o nervo e tecido já completou 10 anos de tristezamas lutando eu sei do desgosto que tenho .
      já fui em vários médicos eles não me levam a sério . agradeço sua aTENÇÃO

      Post a Reply
      • Olá, Terezinha.
        A depressão e Ansiedade são um dos motores das palpitações…
        Encontre um profissional que dê a atenção que você precisa.
        Abraços.

        Post a Reply
        • AGRADEÇO , DR Leonardo atenção , fiquei surpresa quando li sua atenção com quem comentário . Muita luz na sua vida e sua família .Abraços

          Post a Reply
  2. Olá Dr. Leonardo,
    Fico muito feliz pela sua resposta, e creia que voce esta me ajudando. Gostaria que todos os médicos fosse assim, explicasse os seus pacientes, talvés não estaria te incomodando tanto. Estou mais tranquila com sua explanação, vou tentar cortar a alimentação que é a minha ansiedade, e farei o possível para melhorar, mesmo porque estava me tirando a paz, no trabalho, na escola em casa,tinha medo de fazer tudo, principalmente quando ela ataca tenho medo até de ficar sozinha, as vezes ficava dias sem ir para a escola com medo. Estava me privando de muitas coisas achando que estas extrasistoles ia me matar. Creio que não sou a primeira pessoa a ficar com medo deste tipo de extra-sistoles e realmente é como o Dr. fala incomoda muito , muito muiiiiiiiittttttttooooooooo mesmo. Sou muito preocupada e anciosa mas , agora sabendo o que é, e que não mata vou procurar sair desta aflição que eu estava. Mesmo porque tenho 02 filhos e não quero que meus filhos fique como eu.
    Abraços,
    Que Deus te abençõe, hoje e sempre, e te dê mais e mais paciência e sabedoria para ajudar pessoas como eu.
    Nadjane Menezes

    Post a Reply
    • Olá, Nadjane.
      Fico feliz em tê-la ajudado.
      Procure um auxílio de um profissional médico de sua confiança. Vai lhe ajudar bastante.
      Leonardo.

      Post a Reply
    • ola nadjane!
      tenho o mesmo problema que o seu . procurei um médico e ele me disse que é importante sabermos o que causa essas extra sistoles, não adianta tomarmos antiarritimicos se não soubermos a origem do problema. para uma apuração mais completa do meu caso ele pediu uma ressonancia magnetica do coração e uma cintilografia stress//repouso. converse com seu medico. fique tranquila como disse o dr. meu xara elas não matam.
      espero que eu tenha ajudado.
      abraço

      Post a Reply
      • Olá, Leonardo Xará.
        Realmente, é muito importante saber a causa das arritmias – o detalhe é que muitas vezes não encontramos estas causas ou uma alteração física no nosso corpo.
        O médico assistente é a melhor pessoa para decidir qual exame solicitar.
        Falaremos depois sobre alguns exames do coração.
        Ah, lembrando também que alguns exames de sangue são importantes na investigação da causa da extra-sístole – podemos ter algumas surpresas.
        Leonardo.

        Post a Reply
      • ola dr Leonardo eu tenho arritimia, e tomo sotalol pois o medico desse que estou com 34% de arritmia é grave?

        Post a Reply
    • Dr. Leonardo, Bom Dia,
      Quais são os exames de sangue importantes na investigação da causa da extra-sístole, você pode me dizer?.Ainda continuo sentindo……

      Obrigada pela atenção.

      Nadjane

      Post a Reply
      • Olá, Nadjane.
        Quem poderá lhe responder melhor é o seu médico – é difícil para eu sugerir sem lhe examinar.
        Converse com ele.
        Abraços.

        Post a Reply
        • Boa tarde, Dr. Leonardo.
          Há 1 ano sofro de ataques de pânico, a maioria causada por fobia social. Sentia em momentos isolados (1 vez a cada 15 dias mais ou menos) a sensação da “paradinha”, parecia que o coração subia pra garganta e na hora ficava desesperada. Em setembro do ano passado fiz ECG, Holter, T. Ergométrico e exames de sangue (tireóide, potassio e outros..), todos deram normais. Só o holter que apresentou extrassistoles supraventriculares(04). NO entanto, de lá pra cá, minha ansiedade piorou e nos momentos de ataque de pânico, quando estou com taquicardia, eu sinto a a extrassistole. Ou seja, ela se tornou mais frequente (toda semana tenho um episódio). Já senti a paradinha na academia, no meio de um exercício leve, o que me fez abandonar os exercícios físicos, fico com medo de fazer e sentir de novo/piorar. É possível que estas extrassistoles evoluam e se tornem um risco maior? Essas ocorrências demonstram que tenho o circuito elétrico propenso a outras arritmias mais graves? Sou sedentária, não fumo, não bebo e não consumo café. Tenho esofagite por refluxo e gastriste.

          Post a Reply
  3. bom dia Dr. Leonardo, amei o seu blog, você não tem noção de como suas palavras me deixaram mais tranquila, eu sofro de sindrome do panico desde criança agora estou com 22 anos e sou muito ansiosa, faço acompanhamento com psiquiatra e faço o uso de paroxetina, eu axo que já faz mais ou menos um ano q venho sentindo extra sistoles mas não sabia o que era até ue descobri em uma comunidade do orkut e fiquei com muito medo por que vi que ela pode causar morte subita, eu passei no cardiologista a seis meses e fiz eletrocardiograma e ecocardiograma e ainda fiz uma ultra son abnominal e graças a Deus deu tudo normal mas eu não falei ao cardiologista sobre essas extra sistoles por que eu não sabia explicar direito e pq a minha preocupação maior é q eu estava com o coração acelerado, mas o diagnóstico foi sindrome do panico pq os exames estavam normais, mas as vezes eu sinto essas extra sistoles, é muito rápido mas fico com muito medo, será que devo me preocupar ou se fosse uma coisa grave teria acusado nos exames? agradeço e peço que continue com esse blog pq tenho certeza que ajudará muita gente, que Deus abençoe!

    Post a Reply
  4. Olá Dr. Leandro…
    Tenho 46 anos, tenho PVM e peso 112Kg, tenho extra sistole ventricular que em alguns momentos elas fazem um bigeminismo.
    Eu gostaria de saber se PVM e obesidade podem causar estas extra sístoles.

    Grato.

    Post a Reply
  5. Olá Dr. Leandro…
    Tenho 46 anos, portados de PVM e peso 112kg, tenho extra sistole ventricular que em alguns momentos ela faz um bigeminismo, Sou muito ansioso e já tive depressão, gostaria de sua orientação em questão de gravidade, o que tenho MATA?

    Grato

    Post a Reply
  6. Boa tarde, Dr. Leonardo.

    Tenho 31 anos, sexo masculino. Em novembro do ano passado ( 2011 ) tive a percepção de extra-sístole. Fiquei muito nervoso na hora, pois sou muito ansioso, e fui parar no hospital. O médico de plantão, após um eletrocardiograma, constatou uma extra-sístole. Daí por diante, cortei o consumo de álcool e café, que eu fazia com frequência. Neste tempo, consultei o cardiologista e passei por exames de Raio-X do tórax, Hemograma completo, Holter e Ecocardiograma. Em todos os exames eu tive normalidade. No período que seguiu, como eu disse, cortei o consumo de álcool e café, e ia para o trabalho caminhando, o que me dava 30 minutos por dia de caminhada. Contudo, as extra-sístoles foram diminuindo e, em quase um mês, desapareceram.
    Contudo, nesta semana elas voltaram, e não passei por nenhum quadro de ansiedade. Apenas tomei mais café durante a semana e exagerei na bebida alcoólica também durante a semana e fim de semana, algo que eu não fazia mais.
    A minha pergunta é se realmente pode ter sido a minha volta no exagero na ingestão de café e bebida alcoólica que tenha acarretado no retorno dos sintomas. Caso seja, estou pensando definitivamente “cortar” cafeína e álcool… parar mesmo de ingerir.

    Obrigado.

    Aguardo uma resposta.

    Luiz Fernandes

    Post a Reply
    • Olá, Luiz Fernandes.
      O consumo excessivo de álcool e, principalmente, da cafeína são fatores provocadores das arritmias cardíacas.
      Alguns pacientes não toleram o uso destas substâncias e sentem palpitação até com café ralo.
      Veja este post que trata das relações entre arritmia e alimentação:
      http://sopronocoracao.com/2012/01/13/alimentacao-e-arritmia-no-coracao/

      Você mesmo tem percebido que o consumo destes alimentes não tem sido algo de bom.

      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  7. Olá Dr. Leonardo.
    Eu fui ao médico, porque havia percebido que meus batimentos cardíacos estavam diferentes, então eu fiz um eletro e através de um exame periódico, o médico diagnosticou extra sistole.
    Tomo muito guaraná em pó pois estudo trabalho…durmo tarde e acordo cedo.
    Isso também pode ter alterado, digo, evoluído para esse diagnóstico?
    Obrigada pela atenção.

    Post a Reply
  8. Dr. Leonardo, corrigindo, minha extra sistole é atrial. Pode falar um pouco dela?
    obrigada.

    Post a Reply
    • Oi, Dayse.
      Esqueci-me de dizer sobre a extra-sístole atrial e a ventricular.
      Na verdade, não muda muito. O que muda é a origem do foco no coração onde a extra-sístole é gerada.
      A extra-sístole atrial é gerada no átrio e a Ventricular nos ventrículos.

      Abraços.

      Post a Reply
  9. dr.leonardo o mes passado fiz eco ,coloquei holter e fiz teste ergometrico e nao deu nada,so no teste ergometrico eu nao consegui muita coisa porque tenho artrose no joelho direito,mas sinto o coraçao pular e da uma paradinha.sou hipertensa e tenho hipotireoidismo,sou muito ansiosa e gostaria de saber se o que sinto e grave ou pode matar.

    Post a Reply
  10. Boa tarde,
    Tenho PVM e junto com ele as extrassistoles ventricular, sinto quase q diariamente uma ou outra, mas algumas vezes preciso correr para o PS pq elas demoram a passar. Os médicos dizem q esse tipo de arritmia se torna grave qdo se tem uma cardiopatia associada, gostaria de saber se por ter um PVM com leve regurgitação (q acredito q seja uma cardiopatia na valvula) essas extrassistoles são preocupantes. Faço uso do medicamento selozok 25 mg 2x ao dia e tenho 30 anos.

    Agradeço muito a atenção e esclarecimento.

    Post a Reply
    • Olá, Érica.
      A presença de um PVM (prolapso da valva mitral) com regurgitação leve não é uma cardiopatia grave, aliás, nem podemos chamar estas alterações de Cardiopatia, pois o termo é muito pesado para a alteração que existe na valva mitral, vejo que seus médicos já lhe orientou bem.
      É sempre importante relaxar e eliminar o estresse da vida para que nenhuma situação possa “colocar lenha na fogueira” das arritmias e provocá-las – Não fique na dúvida, consulte o seu médico para maiores informações, ok?
      Leonardo.

      Post a Reply
  11. Olá boa noite. Antes de mais parabéns pelo blog. O meu caso é o seguinte: sempre fui muito ansioso, e há cerca de 5 anos comecei a sentir arritmias. Fiz exames ( holter, eco e prova de esforço) que acusaram extrasistoles ventriculares pouco frequentes, sem alterações estruturais significativas do coração. Entretanto fiz inderal durante dois anos para reduzir as taquicardias sinusais que tinha, mas parei de tomar ja ha uns 2 anos porque nao queria tomar beta bloqueadores a vida toda e acima de tudo porque ele NAO me eliminou as extra sistoles. Como eu continuava a senti-las, e cada vez mais fortes, fui repetindo os exames. Fiz uns 4 ou 5 holters, provas de esforço e Ecocardiogramas. Nunca houve alterações significativas nos ecos( por xs mostravam regurgitacao da valvula mitral), quanto aos holters e provas de esforço mostraram SEMPRE extra sistoles ventriculares. Alguns holters tinham umas 100, isoladas, por vezes interpoladas e polimorficas. Os cardiologistas sempre desvalorizaram, mas o facto é que os sintomas nao desaparecem, mesmo quando tomo ansioliticos (victan ou xanax), e continuo a senti-las, cada vez mais fortes e mais rapidas/assustadoras. Ja nem sinto mais a famosa pausa, simplesmente parece um soco no peito, o coração treme, e assusta mesmo. Agora nao sei se hei-de repetir holter, ou se hei-de tentar ignorar isto.. Ando muito assustado e ja com sindrome do panico associada. Para alem disso li muito sobre o assunto, e o facto de ter extra sistoles polimorficas faz-me ter medo que possam dar origem a arritmias mais graves. Tenho tambem medo de um fenomeno chamado r sobre t, uma x que sinto as extra sistoles tao rapidas, mesmo em cima do batimento normal. E eu sei que esse fenomeno é perigoso. O que o Dr. aconselha no meu caso? Obrigado desde já pela atenção

    Post a Reply
    • Olá, Paulo.
      As palpitações provocadas pelas extra-sístoles são realmente muito ruins e a sua manifestação pode mudar ao longo do tempo.
      O acompanhamento com o seu médico é o melhor indicador e o melhor seguimento para acompanhar estas extra-sístoles.
      Um conselho que posso lhe dar é continuar fazendo avaliações com o seu cardiologista de confiança e dar uma lida neste post: http://sopronocoracao.com/2012/05/04/extra-sistoles-polimorficas-sao-perigosas/

      Abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • Olá Dr. , agradeço a resposta.

        Entretanto fiz um ecocardiograma que deu valores considerados dentro da normalidade.

        Há no entanto um pormenor que me deixou meio preocupado. Que é o seguinte.. Alguns valores estão no limite superior do considerado normal, casos da auricula esquerda (39mm) e do ventriculo direito (25mm). Mas o que me deixou assustado foi o seguinte: comparando com um eco de 2008, ou seja 4 anos atrás, quando eu tinha 23 anos, a massa do meu ventriculo esquerdo apresentava um valor de 141g. Neste momento, com 27 anos, está com um valor de 214g. Não sendo eu atleta, será este um aumento normal?

        Convém referir que a espessura do septo é de 10mm, sendo que há 4 anos era de 6mm e que ao electrocardiograma apresento uma repolarização ventricular precoce, que até hoje sempre me disseram não ser preocupante.

        Post a Reply
      • Olá, Paulo.
        Há oscilações nas medidas que devem ser interpretadas pelo seu médico. Elas costumam ocorrer e ocorrem muitas vezes, mesmo.
        Algumas tem significado clínico, mas, como você mesmo disse, o seu médico já avaliou e pediu-lhe para ficar tranquilo – siga o conselho dele e na dúvida, volte lá.
        Um outro leito deste blog fez uma pergunta semelhante: veja a resposta: http://sopronocoracao.com/2012/01/30/hipertrofia-ventricular-esquerda-quando-o-coracao-pega-peso/#comments
        Leonardo.

        Post a Reply
      • Obrigado pela resposta, Dr.

        Fui eu que coloquei as duas questões, peço desculpa pela confusão. Primeiro coloquei aqui, depois encontrei o outro blog que achei mais apropriado e coloquei lá também.

        Grato mais uma vez pela atenção

        Post a Reply
  12. Dr gostei muito do seu blog, já faz quase dois anos que começei a sentir extrassistoles, depois de passar por um período de grande estress, só que de lá pra cá sempre sinto, fui ao cardio que pediu: Eletro, tudo normal, só alteração inespeçificas da repolarização, Eco, tudo normal, porém na hora senti a palpitação, pelo nervoso, e ele colocou presença de arritmia, mais falou que não era nada, meu coração estava normal, sem PVM, sem bloqueios nada, somente a palpitação(extra), Holter, tudo normal, apenas uma extra supra ventricular, com prematuridade de 25%, que ele falou não ser nada, como tenho anemia ele diz que é por isso, minha hemoglobina sempre tá baixa, mais sou também muito ansiosa e nervosa, então me medicou com Fluxene, e atenolol, de 25 gramas metade de dia e metade de noite, só pra segurar um pouco os batimentos e minha pressão é boa, nunca me pediu o teste ergométrico pois diz que não é necessário, que está tudo bem, que posso fazer exerçicios, e que não tenho nada, mais eu sempre tenho essa sensação meu coração dá uns socos, as vezes umas paradinhas, umas sensações de falhas, não são muitas no dia,as vezes sinto uma só, ou pelo menos umas 5, as vezes não sinto nada, perçebo que quando estou empolgada com alguma atividade quase não sinto, as vezes as sinto na hora de deitar, como uns socos no peito, coisa rápida que logo passa e volta ao normal. Minha pergunta é, isso pode parar se eu melhorar da anemia, ou vou ter isso sempre, se tiver sempre do jeito que contei, não pode me prejudicar futuramente, mesmo meu coração sendo sadio, pois vi um post seu dizendo que palpitação nunca é normal, me de um help, por favor, desde já lhe agradeço!

    Post a Reply
    • Olá, Adriana.
      Obrigado pelos elogios.
      Fico satisfeito que seu médico tenha lhe dito que os seus exames estão TODOS normais – isso é ótimo e deveria lhe tranquilizar.
      As palpitações incomodam muito e você, mais do que ninguém, sabe disso, pois está sentindo-as… mas, como descrevi em um post anterior, elas não costumam matar: http://sopronocoracao.com/2011/11/30/palpitacao-o-que-e/
      O normal, como disse no post, é a pessoa não sentir nada.
      Como o seu próprio médico lhe disse, a anemia pode contribuir negativamente para a presença de taquicardia (aceleramento no coração)… e fazer com que o paciente sinta a presença de palpitação mais frequentemente.

      Muitos pacientes ficam a vida toda (eu disse a vida toda) com arritmia/extra-sístoles. Convivem com estes sintomas por todas a vida e morrem por outros motivos…

      Converse mais com o seu médico para tirar novas dúvidas, ok?
      Espero ter ajudado.
      Leonardo.

      Post a Reply
  13. Ola Dr Leonardo
    Eu sou a Daniela e estou no Japan,e cerca de 2 anos passei a sentir as temidas extras,no comeco entrei entrei em panico,fui em mais 3 hospitais diferentes com cardios diferente,no comeco eu vivia indo nos plantao,porque sempre atacava quando chegava a noite,o ultimo cardio disse que era para eu procurar um psiquiatra que isso so podia ser de origem psicologica,de fato quando comecei o tratamento as extras sumiu do dia para noite,mais depois de 6 meses eu recebi alta,fiquei sem exras por cerca de mais 6 meses.
    Elas voltaram depois de 6 meses quando eu estava tomando cha verde,e comecou dar varias,cortei o cha,mais quando consumo mesmo que pouco cafe ou chocolate elas voltam,ah as vezes quando estou conversando e me fico anciosa sinto elas.
    As vezes fico com medo de ter algo e os medicos nao descobriram,meu pai tem problema do coracao,tem o coracao inchado,eu quando tinha 17 anos fui diagnosticada ai no Brasil com prolapiso da valvula mitral ,mais aqui ja fiz varios exames e nem prolapiso eles encontram.
    Isso eh normal?
    Como nao aparece nos exames?
    Ah e os exames que eles fizeram foi eletro ,eco,e raio-x,eu pedi mais exames,mais todos disseram nao ser nessecario.
    Dr posso ficar tranquila?fazer exercicios?
    Tenho muito muito medo de praticar algum esporte e morrer
    Desde ja muito obrigada pela atencao.

    Post a Reply
    • Olá, Daniela.
      Obrigado pela sua participação (de tão longe) – é bom ver como a internet nos aproxima.

      Veja que seus médicos já lhe disseram para ficar tranquila, pois os exames estão normais – isso é muito bom.
      Alguns alimentos, como o café e chocolate aumentam a ocorrência de palpitações.

      Os critérios diagnósticos do prolapso mitral mudaram ao longo do tempo e talvez seja por isso a suposta divergência nos exames. Mas também pode ser o caso de que o prolapso ser visto em um exame e não ser visto no outro – isso ocorre em prolapsos pequenos (muita vezes, mesmo).

      Acho que deve confiar em seus médicos e seguir as orientações deles e pedir orientações sobre os exercícios para que você não fique com dúvidas.
      Não lhe examinei e não posso dar-lhe sugestões específicas sobre seu caso – isso cabe ao seu médico, ok?

      Mas fico feliz que os exames estejam normais.
      Leonardo.

      Post a Reply
      • Muito obrigada pela atençao.
        Vou confiar nos medicos que ja passei.
        Sobre exercicos eles disseram que eu poderia fazer,que de extras eu nao morreria.
        Mais como tenho sindrome do panico as vezes me pego com medo,em outras nem tanto!
        E sobre o prolapso eu fiz varios exames aqui e todos disseram que eu nao tenho,talvez seja isso mesmo,tao pequeno que os medicos nao os consideram!
        Arigato mais uma vez!
        Muito bom esse blog,atravez dele tenho tirado muito das minhas duvidas!

        Post a Reply
  14. Dr Leonardo , obrigado por me atender, mais a minha dúvida é, mesmo sentindo muito tempo, as extras, isso não prejudica o coração podendo causar arritmias graves ou outra coisa, e se no meu caso for por causa da anemia, pode melhorar quando ficar boa da anemia? se puder me responda, e desde já lhe agradeço pela atenção!

    Post a Reply
      • Sim, Doutor entendi, mais o interessante é que nunca sinto taquicardia coração acelerado, o que sinto são batidas isoladas(extrassistoles), isso também pode ser causado pela anemia? Obrigado!

        Post a Reply
  15. Uma curiosidade: reparei, como é lógico, que o meu post foi o único a não ser respondido pelo Dr. Algum motivo para isso?

    Porquê responder a um paciente que apresenta 1 (!!) extra sistole supraventicular no holter, e deixar sem resposta alguém que tem mais de 100 extra sistoles ventriculares e cujos sintomas estão a piorar com o tempo?

    Obrigado mais uma vez

    Post a Reply
    • Olá, Paulo.
      O quê ocorreu é que não passei desapercebido pelo seu comentário – realmente, DESCULPE-ME pela desatenção.

      As suas dúvidas são muito boas e comuns, mesmo! Tentarei fazer um post a respeito do assunto.
      Novamente, desculpe-me.
      Lembro-lhe que nos últimos dias estive de férias e o seu comentário foi dois dias antes de eu viajar… e isso pode ter contribuído.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  16. Olá Dr. Leonardo
    Tenho 18 anos e comecei sentir palpitações no peito esse ano, com exames descobri que são Extra Sístoles Ventriculares, que segundo o médico são arritmias beniguenas. Fui ao médico e ele me disse para evitar comsumir café, refrigerantes e bebida alcoolica acima de 30 g. Além disso vou a tomar a medicação chamada CARDIZEM até daqui uns quatro meses, depois disso retornarei ao médico. Minha dúvida é a seguinte: gosto de consumir bebida alcoolica de vez em quando e gostaria de saber se eu consumir além dos 30 g que me foram aconselhados, terei alguma complicação ou agravamento do meu quadro atual. Quero saber se vou ter que abidicar dessas bebidas!
    Obrigado pela atenção!
    Um Abraço!

    Post a Reply
  17. DOUTOR, MUITO OBRIGADA POR TODAS ESTAS INFORMAÇÕES,NÃO ME SINTO MAIS TÃO SÓ COM AS EXTRA SISTOLES, TENHO PORÉM ALGUMAS DÚVIDAS: QUANDO TENHO UMA ARRITMIA MUITO FORTE ELA VEM ACOMPANHADA DE UMA DOR FORTÍSSIMA NO PEITO E MINHA PRESSAO ARTERIAL SOBE E NÃO SOU HIPER TENSA, PODE SER FATAL? JÁ FIZ TODOS OS EXAMES OS QUAIS DERAM NORMAIS PORÉM NUNCA FOI POSSIVEL DIAGNOSTICAR NO EXATO MOMENTO EM QUE ELA ACONTECE. POR FAVOR RESPONDA-ME PARA TIRAR ESSA ANGUSTIA QUE VENHO SENTINDO DEVIDO A ESSA DOENÇA.

    Post a Reply
  18. Dr passei em um concurso público da polícia militar e fui fazer um dos exames pedidos ECG eletrocardiograma em repouso e o resultado foi esse

    Ritmo sinusal
    FC= 67 bpm
    extra sistole supraventriculada

    estou muito preocupado e gostaria de saber se é motivo de preocupação , já gastei muito em exames e estou sem dinheiro até pra marcar uma consulta com cardiologista, gostaria muito de uma resposta. Obrigado

    Post a Reply
  19. carla diz:
    Olá Doutor:

    Tenho essas extras sistoles desde adolescente, mas agora com 47 anos estou sentindo-as regularmente, principalmente em repouso, quando estou deitada do lado esquerdo ou barriga para cima. É muito ruim, estou adquirindo um pânico. Meus exames dão normais, mas a sensação que tenho com esses batimentos é que vou morrer. Me ajude. o que fazer agora?? Estou sempre indo parar nas emergências… Socorro!!

    Post a Reply
    • Olá, Carla.
      Conforme comentamos em um post passado, estas palpitações costumam deixar os pacientes bastante ansiosos e com o aumento da ansiedade costuma ocorrer a síndrome do pânico. http://sopronocoracao.com/2012/02/12/sindrome-do-panico-e-palpitacoes/

      Acho que você deve procurar o seu médico e comentar com ele que as palpitações estão aumentando – é a melhor saída. Ele saberá se deverá lhe encaminhar para algum colega especialista ou se deverá solicitar alguns exames.

      Confie nele e tente ficar mais calma.
      Abraços.

      Leonardo.

      Post a Reply
  20. Boa noite Dr Leonardo. Gostaria de sanar uma dúvida. Tenho 38 anos e pratico atividades físicas regularmente. Fiz um eletrocardiogramo em novembro de 2011 e outro em março de 2012. Meu cardiologista diz que meus eletros estão excelentes. Ultimamente passei a verificar meu pulso 15 ou 30 minutos após minha atividade física e verifiquei que meu pulso fica um pouco irregular, dá uma batida mais forte, uma pausa e duas batidas normais, e assim vai por um tempo. Isto é fisiológico ou é alguma doença? Já fiz um ecocardiogramo e um teste ergométrico há 10 anos atrás. No teste ergométrico apareceu extrassistoles ventriculares, mas nada que me encapacitasse de realizar atividades físicas. O ecocardiogramo normal. Uma outra observação só sinto essa alteração neste periodo de tempo após a pratica da atividade física e só consigo observar apalpando meu pulso porque não sinto nenhum sintoma fisico. E há dois meses estou com um quadro de ansiedade muito grande também. Muito obrigado pela atenção doutor.

    Post a Reply
    • Olá, Alex.
      Já faz muito tempo que você realizou uma avaliação cardiológica e seria interessante voltar ao seu médico e contar-lhe estes sintomas.
      Palpitações nos esforços devem sempre ser investigadas a fundo.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  21. Dr. Leonardo,ja fui em varios medicos pois tenho arritimias e falhas nos batimentos cardiacos pois sinto mais, frequentemente quando estou nervosa, e sou constantemente ansiosa ,ate hoje nao consegui com medico nenhum um diagnostico e nem um remedio para conter o problema, gostaria muito de uma opinião sua a pouco tempo tive uma depressao muito grande e assim sendo as falhas aumentaram muito fui parar varias vezes no hospital tomei fluoxetina e melhorei mas sempre estou sentindo pois tenho uma vida de muitos transtornos me de uma ajuda por favor abraços Roberto.

    Post a Reply
    • Olá, Roberto.
      Acho que deveria buscar uma ajuda mais específica de um psiquiatra e um psicólogo e voltar a apresentar suas dúvidas ao cardiologista.
      Pelo que você descreve, houve o diagnóstico de depressão e esta é uma doença que merece cuidados, pois pode lhe causar sintomas cardiológicos, dentre outros.
      Volte nos seus médicos e peça-lhe ajuda.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  22. DT. ola doutor tenho 24 anos e fis um eletro que no laudo saio extrassístoles supra-ventriculares, oque e isso? e perigoso? isso tem cura? sou bastante encioso e tomo muito café, costumo quando fico nervoso ter taqui-cardia, oque devo fazer para diminuir minha ansiedade?

    Post a Reply
  23. Olá Dr. Leonardo, tudo bem?

    Meu nome é Allan Bruno, tenho 34 anos e venho sentindo extra-sistoles desde que aumentei a dose do Cloridato de Sertralina (Tenho a Sindrome do Panico). Ao ler esse post, veio a duvida: O O que vem a ser extra-sistoles aos pares ou em tríades? No meu caso, sinto essa extra-sistole e em seguida a paradinha seguida da sensacao da batida forte do coracao. Extra-sistoles aos pares ou triades, seria sentir essa batida extra, depois a parada e a batida forte, SEGUIDA de outra batida extra, parada e batida forte? Ja fiz um ecocardiograma e nao apresentou nada, assim como o teste fisico. E se as extra-sistoles em dupla for como expliquei, as vezes sinto sim…E isso aumenta meu medo de ter morte subita.

    Muito obrigado!

    Obs: Pratico exercicios fisicos de forma intensas e nunca senti nada.

    Post a Reply
  24. Doutor, bom dia!
    Por favor, o que vem a ser extra-sistoles duplas ou triades? No meu caso, depois que aumentei a dose do cloridrato de sertralina, isso acontece dia sim, dia nao…A psiquiatra disse que era ” normal”. Fiz um ecocardiograma e um teste fisico, o que nao apresentou nada. As vezes sinto a ES, seguida da parada e a batida forte e, em seguida depois do batimento normal, sinto outra ES. Seria isso a ES dupla? Dessa forma tenho medo da morte subita.

    Agradeco desde ja!

    Post a Reply
    • Olá, Allan.
      O aumento de extra-sístoles pode ocorrer com algumas medicações – volte no médico que lhe prescreeu e peça-lhe orientações específicas sobre o seu caso, acho mais interessante, pois ele lhe examinou e consultou.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  25. Bom dia doutor, esperava que o senhor fosse responder minha pergunta, porém foi a única que não foi respondida.

    Post a Reply
    • Olá, Alex.
      (desculpe não ter respondido à sua pergunta).
      A respondi hoje e sugeri que fizesse uma avaliação com seu médico de confiança. Disse-me que já se passaram 10a anos desde o seu último teste ergométrico… e, como estes sintomas são novos, seria bom falar com o seu médico.
      Acho bom voltar em seu médico e contar-lhe sobre estas palpitações.
      Não espere que você consiga “palpar” estas alterações no pulso, pois é necessário algum treinamento para conseguir fazê-lo..
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  26. Doutor, adorei ler todas as perguntas e respostas. Graças a Deus, ao fazer essa pesquisa, cheguei ao seu blog. Com explicações faceis de um leigo entender. Estou com arritmia, extra sistoles há 3 dias, ja fiz ecocardiograma e ainda não chegou o resultado, fiz também exame de sangue dosagem de T4 e TSH, poid sou operada da tireoide e tenho metade da glândula e tomo eutirox 75, o cardiologista falou que pode ser dosagem errada. tenho muito medo, estou triste e deprimida pois estava em um momento maravilhoso por ter ganhado mais um neto.O que o senhor acha disso, sei que o problema tem apenas 3 ou 4 dias mas é muito ruim. Obrigada doutor , preciso de sua resposta tenho certeza que servirá de remedio pra mim

    Post a Reply
    • Olá, Ana.
      Obrigado pelo elogio ao blog.
      A dosagem do hormonio tireoidiano é uma das causas de arritmia – não que esteja errada, mas que precisa de um ajuste.
      Não fique triste e evite o estresse… Se for devido ao hormônio, seu médico ajustará a dose e ficará boa…
      O ecocardiograma irá ajudá-lo.
      Fique calma e feliz.
      Abraços.

      Post a Reply
  27. Olá doutor! Amei todas as perguntas e respostas sobre arritmia era tudo que eu precisava.
    Tenho arritmia sinusal os sintomas sao: palpitaçoes que vem derrepente e depois parece que o coraçao para de bater isso acontece mais quando estou deitada paredce que o sangue vai todo pro meu rosto e parece que tem alguem apertando meu pescoço tenho a sensaçao de morte minha vida mudou depois disso e como o senhor falou mais a cima estou deixando de viver por conta disso tenho apenas 23 anos e minha vida parece que parou tenho muito medo, tambem quando ataca sinto fraquesa. o senhor tem mais alguma coisa a dizer sobre isso, e o que posso faze cokm a anciedade e o stress?

    Post a Reply
    • Olá, Valéria.
      Você veja bem como as palpitações incomodam, mesmo!
      São chatas, mesmo.
      Sobre o estresse? tente fazer coisas que você gosta… “gaste” um tempo com você e coisas tranquilas…
      Atividade física ajuda.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  28. doutor depois de ler algumas publicações eu gostaria de reformular uma pergunta que fiz ao senhor, é que eu fui diagnosticada com sopro e o médico diante de vários exames de sangue eco cardiograma e esteira disse que o meu sopro é normal que eu poderia ter uma vida absolutamente normal, só que eu continuo sentindo de vez em quando uma batidas diferentes no meu coração que inclusive quando isso acontece até minha respiração fica diferente e aos poucos vi voltando ao normal, quando isso acontece eu fico com muito medo e muito triste só penço que vou morrer, eu sou uma pessoa muito nervosa e no ano de 2002 eu tive uma sindróme do pánico e foi a partir daí que tudo começou em minha vida foi a partir daí que comecei a sentir essas coisas, procurei médicos fiz exames e eles disiam que eu não tinha nada, mas agora é que eu descobri que tenho sopro e segundo o médico tratase de um sopro normal, essas batidas tem relação com o sopro ou com minha anciedade, embora elas acontecem quando eu to calma, pelo menos aparentemente, doutor eu tenho muito medo de uma cirurgia se for preciso faser é muito perigosa? mi ajude por favor!

    Post a Reply
    • Olá, Cintia.
      Sopro e arritmia são doenças/ocorrências diferentes… Uma pode ocorrer juntamente com a outra, ou ocorrerem isoladamente.

      Sopro que tem indicação cirúrgica não tem exames normais… os exames detectam as alterações e (juntamente com a opinião do médico) indicam a cirurgia. Se o médico disse que seu sopro é norma, entenda-o como tal, acho que deve confiar nele.

      Mas e as palpitações?
      Sim, elas podem continuar a despeito da presença ou não do sopro, pois como disse no início… podem ser manifestações clínicas (sintomas) diferentes.

      Mas estou calma e elas (palpitações) ainda ocorrem!
      É, isso é chato, mas pode ocorrer. O médico fala para a paciente se acalmar: ela acalma. Fica tranquila… mas MESMO ASSIM, as palpitações voltam!
      Sim, isso costuma ocorrer, mesmo. O importante é manter a calma e confiar no que seu cardiologista disse e MANTER a calma.

      Obs: (para todos os posts)
      Esse blog é informativo e não se configura consultório médico ou segunda opinião médica. Sempre Consulte o seu médico de confiança.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  29. Olá Dr., tenho 31 anos, descobri que tenho arritmias ventriculares e prolapso da válvula mitral com uns 24 anos. Na época tomei por 2 anos atenolol. Passei mais alguns anos sem tomar pois nao sentia mais nda e agora este ano comecei a tomar inderal 20mg no final da tarde pois comecei a senti-las novamente. Apesar de já ter ido em uns 3 cardios, e eles terem me falado para nao me preocupar, fico ainda muito preocupada com elas. Mesmo tomando este remedio as vezes as sinto, principalmente no final do dia, mais pra noite, quando relaxo. Elas vem com uma sensaçao de fraqueza, um pouco de falta de ar e palpitaçoes, parece que meu peito fica com uma pressao estranha. E depois que vi a reportagem da menina se SP que morreu na sala de aula devido a arritmia que ela tinha e o medico tinha mandado ela parar de tomar remedio 1 mes antes, fiquei mais preocupada ainda. Alem do mais andei lendo muito sobre estas extrassistoles, e vi algo falando que elas podem gerar outras mais graves levando a morte subita, e li ainda sobre o uso do inderal, que nao é recomendado em alguns casos pois pode tbem provocar alguns problemas cardiacos. Entao, o que vc me diz de tudo isso que escrevi? As vezes nao sei se estou ficando paranoica com tanta informacao, e ao mesmo tempo parece que nao sei nda, que os medicos erram nos diagnosticos e acontece o que aconteceu com a menina de SP que morreu. Me ajude.

    Post a Reply
    • Olá, Susana.
      Vejo que está bastante ansiosa com o problema das suas palpitações.
      Tente não associar a doença de “menina de SP” com o seu, pois provavelmente é um caso diferente… e não dá para dizer que é um erro médico ou algo do tipo.

      O inderal é bastante usado para palpitações e extra-sístoles… Mas, cada caso é um caso.
      O fato de seus médicos terei lhe dito que seus exames estão NORMAIS, é uma ótima informação.

      Vou usar sua dúvida para fazer um post específico…

      AVISO:
      Esse blog não é consultório médico; não se configura consulta médica virtual, bem como segunda opinião médica.
      Faça a consulta com seu médico, pois ele é o mais indicado para emitir um parecer adequado sobre seu caso.
      Curta nossa fanpage: https://www.facebook.com/leonardo.alves.cardiologista
      Abraços.

      Post a Reply
  30. Muito bom este canal direto doutor, parabens pela iniciativa e trabalho social.
    Tenho os mesmos problemas que os demais, superansioso, trabalho muito e sob pressao. fui 3 vezes ao ps do incor com taquicardia e sudorese com dor precordial e dispneia. nao era nada físico. ECG com poucas alteraçoes do segmento T, ecocardio com doppler normal, ecg esforço com variaçoes, mas dentro da normalidade. hipertenso e com dislipidemia. receita: rivotril SL e exercicios + medicaçoes. isto faz um ano. Entrei na academia, parei de fumar, pressao normalizou colesterol tbm, mas …. iniciaram as extrosistolias. hoje treino para uma maratona e tenho as extrasistolias durante a corrida e simplesmente continuo. uma hora o coração pode parar com todos os exames dentro da normalidade? abç

    Post a Reply
    • Olá, Roberto.
      Acho ótimo que tenha mudado seu estilo de vida e passado a praticar exercícios…
      Falamos em outro post que as extra-sístoles não levam à morte.
      Existem FATALIDADES que ocorrem durante a atividade física, haja visto alguns atletas profissionais que falecem durante o exercício. Mas é FATALIDADE, algo raro.
      As extra-sístoles não tem nada a ver com isso.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  31. Oi DR: Leonardo sou de belo Horizonte tenho 34anos (não fumo não bebo) e tambem tenho essas extrasistoles que me deixa mais nervoso o ultimo holter 24hrs que fiz apareceu 8315 extrasistoles ventriculares ou seja meu coração só fica batendo agora com o ritmo alterado eu devo procurar outro cardiologista ou uma funeraria isso ta me preoculpando muito, DR: esse tanto de extrasistoles.Fiz tambem eco e apareceu PVM

    Post a Reply
  32. Olá Dr. Sei que a intenção do site não é substituir nenhuma consulta médica. Estou com cardiologista marcado para 27/09, mas resolvi pergunta-lo por que isso está me consumindo!! Tenho 28 anos e sou extremamente ansiosa, muuuito ansiosa… Há 5 meses comecei a fazer exercícios físicos, não bebo, não fumo e tento controlar a alimentação. Porém a pouco tempo tenho sentido algo estranho. Meu coração parece dar uma batida mais forte e depois volta ao normal (coisa rápida, são segundos…), Isso está me deixando extremamente nervosa e preocupada. Ocorre esporadicamente, talvez 1 ou 2 vezes por semana, não sei. Quando entrei na academia, fiz eletro e deu normal, mas na época eu não sentia isso. Há mais ou menos 6 anos fiz um ecodoppler, também normal. Tive asma até os 7 anos de idade (sempre crises graves).
    Como disse, meu médico está marcado para o final do mês, mas por favor me ajude a controlar essa ansiedade… rs… Isso pode ser arritmia? Gratissima pela atenção!!

    Post a Reply
    • Olá,
      As “batidas, pausas, paradas, palpitações, aceleramentos, pancadas, batidinhas, coração enchendo, coração parando…etc” são as diversas descrições que os pacientes fazem para as Arritmias.
      O detalhe é: descobrir se essas arritmias são benignas ou não… tudo depende da avaliação do médico.
      Nesse link, falamos mais sobre o tema: http://sopronocoracao.com/tag/palpitacao/
      Grande abraço.

      Post a Reply
  33. Tenho extra sistoles ventriculares isoladas desde 2008 e o meu pensamento é o mesmo da NADJANE.
    Já procurei muitos médicos desde 2008 faço tratamento com uma cardio que confio mas ainda não encontrei algum médico como o Doutor Leonardo paciente em explicar as causas e sintomas das extra sistoles.
    As dúvidas são as mesmas ela mata?morte subta?posso ter um enfarte?pode ter vida normal?
    Mas acima já li o post e me tranquilizei muito.
    Já fiz um exame no INCOR aqui em SP com um médico do INCOR chefe de arritmia que constatou que o meu caso é de ansiedade e nervosismo. Pois no exame RESSONANCIA MAGNETICA DE CORAÇÃO não constatou nenhuma anormalidade ( Graças a DEUS ) no meu coração.
    Mas agora que estou grávida precisei mudar o medicamento e as extra sistoles estão me atrapalhando demais. Dia estou bem outro tenho palpitações demais.
    Meu ultimo holter deu arritimias ventriculares isoladas 8 e supraventriculares 320.
    Agora vou refazer e espero que o resultado seja bom quanto esse ultimo.
    Só quem tem sabe a ansiedade ( que como o Doutor disse só piora ) que causa nas pessoas para não ter nunca mais.
    Deixo aqui a minha admiração pelo Doutor e os Parabens pelo trabalho em ser paciente e explicar para as pessoas cada dúvida que elas tem.
    Abraços.

    Post a Reply
    • Olá, Si Braga
      Obrigado pela sua participação tanto no blog, quanto na nossa FanPage…
      Desculpe a demora em respondê-la aqui.

      Leonardo.

      Post a Reply
  34. Olá, boa noite Dr., sou Danielle Faustino, e bom, conto minha história…
    Dia 18 de julho iniciaram minhas crises… eram horriveis, eu sentia como que meu coracao parava por milesimos de segundos e vontalva com mais intensidade… Bom, esses sintomas eram o dia inteiro… aguentei muito… eu pensava que era algo emocional… pois bem, fui ao cardiologista… fiz todos os exames como ele me pediu… eco’doppler, radiografia de tórax, ecg, funcional respiratório e holter… Todos os exames deram como resultado NORMAL, apenas o Holter apareceram o que eu tanto temia… 275 extrasistoles ventriculares polifocais duplas… e 585 supraventriculares…. bom, procurei na internet tudo, e realmente fiquei apavorada pois sentia como que havia uma bomba relógio dentro de mim… A minha cardiologista me passou Atenolol 0,25 porém metade para tomar a cada 12 hs… estou tomando apenas uma metade por dia e nao tive mais crises Gracas a Deus… sinto medo confesso, inclusive parei a academia devido a isso…por MEDO! Ela disse que meu caso é devido ao stress… e que as extrasistoles irao embora… Dr, existe a total cura? Eu leio em todos os lugares que as polifocais sao mais perigosas,,, minha médica disse que nao… Moro na Argentina e quero um parecer de um médico brasileiro! Bom, espero sua resposta e muito, muito obrigada! Quero me curar!

    Post a Reply
    • Olá, Danielle,
      Acho que deve confiar nas orientações da sua médica, pois ela lhe avaliou e, provavelmente, fez uma avaliação bastante completa.
      O estresse atrapalha bastante e costuma provocar extra-sístoles e estas extra-sístoles ocorrem/apresentam-se de diversas maneiras.
      Abraços.
      Leonardo.

      Post a Reply
  35. Nao deixei minha idade… bom, tenho 28 anos Dr….é normal essas extrasistoles ventriculares em jovens com o coracao saudavel?

    Post a Reply
    • Olá, Danielle.
      Sim, é comum. Entretanto, as palpitações sempre precisam de avaliação médica.
      Abraços.

      Post a Reply
  36. Dr. adorei seus esclarecimentos achei muito rico as especificidades mencionadas. Parabéns pela iniciativa e vontade em poder ajudar o próximo. Deus lhe proteja sempre……Maria Curitiba

    Post a Reply
  37. Dr. Gostaria de saber no caso de arritimia extra sistoles supra ventricular se existe um numero de batidas que sugere preocupação? minha mãe antes de estar medicada deu um valor de 1049 no holter fiquei meio assustada, depois com a medicação passou para 209.

    Post a Reply
    • Olá, Kelly.
      O padrão de gravidade ou não, não é o número de batidas, mas a avaliação global que o seu cardiologista faz. Ele usará diversos parâmetros para fazer essa análise.
      Mas, como já está reduzindo, já é um bom sinal… Continue mantendo o acompanhamento com seu médico.
      Leonardo.

      Post a Reply
  38. DR .LEANDRO mto obrigado pela explicação obrigado pois tenho essas maldita extrasistoles
    ja fiu em 03 cardiologista todos falam q é normal
    e no meu caso e por conta da ansiedade sou ansiosa e ja tive cindrome do panico
    meu cardiologista mandou aumentar a dose de PONDERA DE 25 P/ 40 MG
    ESTOU BEM MELHOR GRAÇAS A DEUS.
    ABLOK PLUS DE 50 E ABLOK ATENOL DE 50
    OBRIGADO

    Post a Reply
  39. Olá Leonardo!
    Gostei muito da explicação e principalmente de você considerar o fator psicológico como um dos desencadeadores do problema. Sou psicóloga e tive um taquicardia supraventricular sem remissão espontânea e passei por duas vezes pelo procedimento de Ablação, depois disso fiquei com extra sístole, principalmente em dias estressantes. Tanto eu como meus pacientes ansiosos que sofrem do problema buscamos por meio de mil exames algo concreto que explique o desconforto que a extra sistole causa, mas o que realmente pode acalmar nossos “corações” é entender esses conflitos que causam tanta ansiedade…mas ler artigos médicos sempre ajuda a racionalizar a emoção…
    Obrigada!
    Fábia

    Post a Reply
    • Olá, Fábia.
      A sua opinião é importantíssima – e é interessante o seu posicionamento, pois eles ajudam muito aos pacientes, principalmente vindo de profissionais da área de psicologia.
      Tento aqui no blog e na fanpage, mostrar algo legal da vida e imagens e temas menos estressantes, para aliviar um pouco a ansiedade… desse modo, conto com sua ajuda com comentários e até mesmo alguns posts.
      Abraços.
      Conheça a fanpage: https://www.facebook.com/leonardo.alves.cardiologista

      Post a Reply
  40. Dr. Leonardo meu sobrinho tem a síndrome de Wolff-Parkinson-White, essa sindrome e grave? ele tem 12 anos e tem menos de uma semana q descobrimos ! ele ja esta tomando propafenona.

    Post a Reply
  41. Ha cinco anos atras,logo apos o nascimento da minha filha mais nova,comecei a ter sintomas que me deixavam apavorada:pressao elevada,taquicardia,tremores,tonturas,maos e pes molhados,frio intenso,dormencia,dores pelo corpo,no peito,entre outros.Fiquei em tratamento por quase tres anos e tive alta.Ocorre que,de tres meses pra ca,esses sintomas reapareceram,so que dessa vez,acompanhados de varios episodios de palpitacao,tontura e uma sensacao de sono tao grande que,as vezes,parece que vou dormir mesmo sem querer.E horrivel sentir isso.sinto-me impotente,desanimada,irritada e sem vontade para nada.Tudo que queria era ficar na cama o dia todo sem falar com ninguem.Para piorar,emagreci sete quilos em dois meses e a impressao que tenho e que continuo emagrecendo.O que esta acontecendo comigo?pode ser ansiedade a causadora disso tudo?ajude-me a entender o que esta acontecendo e muito obrigada.

    Post a Reply
  42. Olá Dr. Descobri ontem que tenho extra sistoles num exame de pronto socorro pra verificar na verdade a minha sinusite. Hoje marquei uma consulta com um cardiologista, mas resolvi antes investigar na internet sobre o assunto. Me deparei com o seu blog e foi de grande ajuda,pelo menos não ficarei ansiosa na consulta. Sou professora e dou muito valor ao conhecimento, ainda mais se podemos compartilhar com o próximo como esta fazendo de uma maneira simples e objetiva. Obrigada e prosperidade!!!!

    Post a Reply
    • Olá, Andréia.
      Agradeço sua participação.
      Espero que a consulta tenha sido boa…
      Melhoras.
      Leonardo.

      Post a Reply
  43. Boa Tarde Dr. Leonardo, a mais ou menos um ano atras senti que meu coração de vez em quando acelerava bastante, então resolvi procurar um cardiologista, fiz eletro, holter, eco e esteira , no eco deu tudo normal, eletro também, mas no holter e esteira deu extrassistoles atriais e supraventriculares, o cardiologista me passou atenolo de 25mg duas vezes por dia e tomo também apraz de 0,50mg porque sou muito ansiosa, tenho muito medo de morte subita, o senhor acha que esse diagnostico requer cuidados, ando muito nervosa fico toda tremula, coração batendo descompasado, me ajude.

    Post a Reply
    • Olá, Mônica.
      Qual diagnóstico?
      Pelo que vc descreve, seu médico disse que os exames estão normais, todos eles.
      Sobre a ansiedade, ela sempre atrapalha… e deve ser reduzida e aliviada o mais breve possível.
      Grande abraço.

      Post a Reply
  44. Boa noite Dr. Leonardo.
    Hoje em dia não tenho plano de saude,mas quando tinha a 2 uns anos atrás fiz vários exames que constataram extra sistoles. O médico disse para eu não me preocupar mas de uns 2 meses pra cá eles vem aumentando bastante. Não fico um minuto sem que os sinta. As vezes acontecem de 03 a 04 vezes em menos de 60 segundos. Outras horas não sinto tanto. Outra curiosidade é que sempre escutei meus batimentos cardiacos claramente no ouvido esquerdo e de uns meses pra á ouço nos dois ouvidos. São bem altos mesmo. Tenho 37 anos e não fumo e nem bebo.1.75 de altura e 73 kg. Sou um tando ancioso. As vezes sinto uma gastura no peito como se fosse uma azia.
    Qualquer conselho já ajuda.
    Desde já muito obrigado por sua atenção.

    Post a Reply
    • Olá, Leonardo.
      Lembre-se do que o seu médico lhe disse…
      Mas, se já há algum tempo que não consulta, melhor fazer nova avaliação com seu médico.
      Abraços.

      Post a Reply
  45. Dr. obrigada por tirar minha dúvida acima. Gostaria também de fazer outra pergunta. Tenho já a anos uns sintomas estranhos quando tiro cochilos durante o dia principalmente. Algumas vezes aconteceu a noite durante o sono tbem, porém faz tempo que isso nao acontece, agora está acontecendo só durante o dia quando o sono é rapido. Acordo dele com o coraçao disparado, me da falta de ar, fico gelada, enfim.. parece que levei um susto enorme e que vou infartar. E está acontecendo com uma frequencia grande. Evito até de cochilar para nao ter isso, pois é horrivel. O que pode ser?
    obrigada

    Post a Reply
  46. Boa tarde Dr Leonardo. Li seu post sobre extrassistole e taquicardia ventricular e gostaria de tirar uma duvida. Tenho extrassistole ventricular isolada esporadicamente, fiz todos os exames como eco, teste de esforco, eletrocardiograma de alta resolucao e holter. Todos esses exames normais a nao ser um pequeno PVM. Foi constatado no meu holter uma unica vez 1 episodio de taquicardia ventricular nao sustentada (3 extras) durante o sono. Essa taquicardia nao sustentada pode levar a uma arritmia mais grave mesmo sem qualquer outra cardiopatia? Nao sei qual o fator que desencadeia esse tipo de arritmia e gostaria de saber se com esses exames tem como o cardiologista saber se e uma arritmia benigna ou maligna ou existe a necessidade de um estudo mais aprofundado? Meu cardiologista me tranquilizou, mesmo assim esse tipo de taquicardia nao sai da minha cabeca, pq eu tive isso? e como se estivesse no escuro sem saber se isso pode voltar e me causar uma morte subita. Faco holter 2x por ano e sempre tive apenas algumas extras ventriculares isoladas, essa foi a primeira vez que foram tres juntas. Moro em NY e sempre que saiu de uma consulta as duvidas nunca ficam esclarecidas. Agradeco.

    Post a Reply
    • Olá, Bárbara
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  47. Boa tarde, esqueci de mencionar que durante o episodia de TVNS meus batimentos era 80 por minuto.

    Post a Reply
    • Olá, Bárbara
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  48. Dr, boa noite!
    Meu nome é Carlos e há dois meses fiz um ecocardiograma que acusou hipertrofia ventricular e prolapso de válvula mitral. Isso foi em uma clínica. O médico me receitou carvedilol e fui parar no hospital com esse medicamento- minha pressão é baixa e meus batimentos tb e a medicação fez com que meus batimentos chegassem a menos de 20 por minuto. Inconformado, refiz DUAS vezes o ecocardiograma e mais quatro eletros. Resultados: “ECOS” ( OS DOIS) normais e eletros NORMAIS ( refiz num grande hospital aqui de Salvador).
    Mas fiquei em pânico com o primeiro eco. Dr, pergunto: o meu coração pode ter diminuído em tão pouco tempo, já que fiz dois ecos após o primeiro, que deu alteração, e nem prolapso deu nos outros dois?
    Estou aflito!!

    Um grande abraço!

    Post a Reply
    • Olá, Carlos
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  49. Ah, eu estou em acompanhamento psiquiátrico por causa dessa situação. A psiquiatra já disse para me tranquilizar, que pode ter havido um equívoco com o primeiro eco, já que os outros dois posteriores foram normais, mas eu não consigo mais viver! Fora a forma como me foi falado . O médico me disse que meu coração estava fraco…

    Post a Reply
    • Olá, Carlos
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  50. o meu filho fez um exame de ficar com um monitor de eventos esse exame costatou arretimia sinusial taquardiaco e extasistoles atriais e ele tem 8 anos isso e grave

    Post a Reply
    • Olá, Alessandra
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico de confiança, ok? Faça novas visitas no blog que estarei atualizando os temas de acordo com suas perguntas e sugestões.
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      https://www.facebook.com/DrLeonardoAlves
      Leonardo.

      Post a Reply
  51. Doutor Leonardo, quero parabenizá-lo pela importante iniciativa de ajudar ao próximo tirando algumas dúvidas e compartilhando seus conhecimentos.
    Doutor, desde os meus 16 anos que eu sinto essas “paradas” que dá no coração. Às vezes, sinto como ele tremesse, fibrilasse. Sinto tonturas, dores pelo corpo (só em algumas vezes). Fiz doppler, eletrocardiograma, exames de sangue e de urina. Todos os exames deram normais, porém continuo sentindo esses sintomas e devido a isso deixei de fazer o que eu mais amo: Tocar bateria!
    Não consigo nem subir um morro ou escada que páro e começo a sentir muito cansaço e falta de ar. A Doutora da UPA me receitou um remédio chamado “Passalix”, porém não melhorou meus sintomas. O máximo que aconteceu foi eu sentir muito sono.

    Espero não incomodar pela redundância na pergunta…
    Aguardo sua resposta!
    Que Deus o abençoe!

    Post a Reply
    • Olá, Jefferson
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico de confiança, ok? Faça novas visitas no blog que estarei atualizando os temas de acordo com suas perguntas e sugestões.
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      https://www.facebook.com/DrLeonardoAlves
      Leonardo.

      Post a Reply
  52. Ola, bom dia Dr.,, Me chamo Erica, tenho 31 anos e PVM com leve regurgitacao. O que me incomoda muito sao as extrassistoles, no meu caso ventricular. Sinto uma ou outra durante o dia mas qdo elas resolvem atacar vou p o Hospital, poi fico fraca, suando frio, sem forcas… o pior e que ate eles fazerem o eletrocardiograma elas ja foram embora. Sinto meus batimento acelerados e cansaco com frequencia e o medico diz q e devido ao prolapso. Faco exame regularmente como holter (com algumas extras ventricular), ecocardiograma (com prolapso) e teste de esforco (normal). Por tentar entender melhor o meu problema procurei um novo cardiologista e realizei um exame chamado ELETROCARDIOGRAMA DE ALTA RESOLUCAO que deu normal. Gostaria de saber qual a importancia desse exame? Antes de descobrir esse problema (ha 2 anos) era uma pessoa normal e viciada em academia, hj mesmo sem alteracoes ao teste de esforco, nao consigo fazer uma aula de aerobica q sinto os batimentos irregulares.
    Como pode no testes de esforco esta normal e mesmo assim eu nao conseguir fazer exercicios devido ao cansaco e batimentos acelerados? De qto em qto tempo e recomendavel a repetir o exame “teste de esforco” ? A minha sensacao e que vou ter uma morte subita como tantas outras pessoas qdo realizo qualquer esforco fisico. Tomo selozok 50 mg 1 x ao dia.
    Gostei muito do blog, parece ser bem esclarecedor.
    Agradeco muito a atencao.

    Post a Reply
  53. Boa Tarde Dr.
    Tenho PVM inicial e extras sistoles ventriculares e supreventriculares.
    Há perigo de morte súbita?
    No holter elas sempre aparecem, já no ergométrico e no eco não dão nem sinal.
    Também tomo meio Propranolol de 40mg de 12 em 12h, ficar tomando esse remédio pode causar algum bloqueio??

    Grata.
    Juliana

    Post a Reply
    • Olá, Juliana
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  54. Boa Tarde Dr.
    Tenho PVM inicial e extras sistoles ventriculares e supraventriculares. Há perigo de morte súbita?
    As extras sempre aparecem no holter, mas no Ergométrico e Eco não dão nem sinal..
    Também tomo Propranolol de 40mg de 12 em 12h, é perigoso dar algum tipo de bloqueio? Já tomo há 1 ano.
    Também tenho Colesterol alto e como já tomo Propranolol e Diane, fiquei com medo de continuar tomando Vytorin, misturar tudo e piorar o problema. Posso fazer o uso desses remédios ao mesmo tempo?

    Grata.
    Juliana

    Post a Reply
    • Olá, Jusgarioni
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  55. Ola Dr Leonardo, me chamo Felipe, tive varios casos de arritimia, tive epocas (2 a 3 anos atras) de baladas que fiz muitas coisas erradas e acabei indo parar no hospital internado, por causa de muitas misturas. Drogas que aceleravam o ritimo cardiaco e aumentavam a pressão arterial, fiquei 5 dias internados, desde entaum fui me consultando com meu cardiologista, fez varios exames e naum achou nada, sempre fui adepto da academia, porem a uns 3 meses atras, parei com a academia, pois tive episodios depois do treino que pensei que morreria. O coração batia em um ritimo descordenado, me dava falta de ar, sensação de morte, a pontos quase desmaiei, geralmente em dias de frio, parava respirava fundo para tentar passar, teve dias que demorou a passar uns 15 min, e sempre quando eu respirava bem fundo era que passava, usei rivotril indicado pelo meu cardiologista, onde houve uma melhora, alias fiz eletro, eco, e segundo ele, não foi localizado nenhuma anormalidade, porem tenho medo de malhar de novo, mas tem dias que não me sinto bem, a dias que sinto mal estar, hoje mesmo senti sensações, como se o coração estivesse dando pulos no peito em menos de 1 hora senti aproximadamente, 8 a 10 vezes essa sensação, seguido de inquietude, medo. Fazia tempo que não sentia isso, não sei se o dormir muito tarde (4:00 a.m) e o acordar muito tarde (11:30 a.m), tem algo haver… necessito de um conselho… muito obrigado.DR

    Post a Reply
    • Olá, Felipe
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  56. Boa tarde Dr. Leonardo, ano passado fui diagnosticado com arritmia supraventricular e em janeiro deste ano fui submetido ao procedimento de ablação com radiofrequencia. Deu tudo certo e estou curado. Porém, agora em outubro/2012, comecei a sentir novamente palpitações (extra-sistoles), mas não taquicardia sustentada (como eu tinha antes do procedimento). Há alguma possibilidade depois de 10 meses do procedimento de eu voltar a ter arritmia?

    Post a Reply
    • Olá, Roberto
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  57. De Portugal

    Qual é o perigo de taquicardia supraventricular de 10 complexos, num coração saudável com extrassistoles supraventriculares raras e isoladas?

    Anabela

    Post a Reply
    • Olá, Anabela
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  58. BRUNO

    OLA DR TUDO BEM SOFRO DE SÍNDROME DO PANICO E DE TOC TENHO MUITO MEDO DE INFARTA JA FUI 15 VEZES CARDIOLOGISTA NUNCA DEU NADA SÓ TAQUICARDIA SINUSAL DAI TOMO ATENOLOL 50 MINHA FREQUÊNCIA CARDÍACA AGORA DEITADO DORMINDO E DE 50 57 49 O MEDICO DISSE QUE E NORMAL POIS NÃO TENHO NENHUMA PATOLOGIA NO CORAÇÃO MESMO ASSIM TENHO MEDO ESTOU TOMADO ASSERT E REVOTR NÃO CONSIGO SAIR DER CASA E NEM VIVER MAIS O QUE FAÇO DR LEONADO TENHO 23 ANOS TENHO MEDO DE TER INFARTO

    Post a Reply
    • Olá, Bruno
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico, ok?
      Fico feliz com todas as participações e passarei a responder as perguntas com atualizações dos posts e pela publicação de novas matérias; não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; Assim, evitaremos respostas repetidas e estaremos mais alinhados às orientações do Conselho de Medicina
      Grande abraço.
      Leonardo.

      Post a Reply
  59. Dr tenho extrassistoles quase todo dia, não o dia todo, mas algumas durante o dia, as vezes uma só, de vários tipos, as vezes como falha, como saltos, como pausas, lhe pergunto é assim mesmo?, elas mudam de tipo?, eu fui ao Cárdio e relatei que sofro de gazes, ele me examinou e viu que realmentre estou com muito gazes e falou que isso contribui para dar Extras sístoles, percebo que sinto mais quando estou assim muita cheia de gazes, isso pode acontecer tem relação uma coisa com a outra?

    Post a Reply
  60. olá Doutor Leonardo.
    Meu nome é Renan, e a bastante tempo que procuro na internet algo sobre o que eu sinto com os meus batimentos. Fiz os exames cardiacos e nada de anormal constou a não ser que sou um pouco nervoso. Eu sinto que as vezes, o meu coração tem uma “batida extra” junto com o batimento normal, é como se o coração desse um leve coice e ai me vem uma necessidade de respirar fundo. é completamente indolor. Antes eu sentia isso algumas vezes por ano, mas ontem eu senti isso a cada hora e eu fiquei preocupado. Fui no hospital e a clinicia geral me disse que é ansiedade. Eu realmente ando ansioso e um pouco nervoso com alguns problemas pessoais e além do mais, ando bebendo bastante refrigerante de cola (sou um viciado em coca, rs) e tenho dificuldade em dormir. o que me deixa meio preocupado é que eu sou novo pra ter isso, não fumo e nem bebo exageradamente. tenho 21 anos, tem alguma relação com a idade? Enfim Dr, Será que tudo isso é o que consta nesse artigo? me indentifiquei bastante, foi o artigo que mais chegou perto do que eu tenho ou sinto. Pode por favor comentar sobre? agradeço desde já! :D

    Post a Reply
  61. Através dos comentarios e perguntas aqui ecritos consegui me tranquilizar um pouco sobre extra-sistoles ventricular.Se possível me envie através de email tudo sobre está famosa,de preferência tratamentos e causas mais comuns.
    Obrigada!!!!!

    Post a Reply
  62. Olá Dr. Leonardo,
    estive lendo alguns posts e quero parabenizá-lo pelo gesto de nos acalmar..rss
    Tenho 37 anos e em 2009 descobri que tenho arritmia extra sistólica. Faço o acompanhamento com meu cardiologista e tomo Amiodarona 200 mg. Consigo que fique tudo sob controle, porém, no mês de julho fiz um exame de Holter e no resultado apareceu que tive uma pausa de 2 segundos nos batimentos e eu me esqueci por várias vezes de tomar o remédio. Voltei ao médico, e o que ele recomendou foi que eu fizesse um eco (já fiz e o resultado foi normal) e uma consulta com o arritmólogo (está agendada).
    Minhas perguntas são:
    Essa pausa pode ter sido provocada porque não tomei o remédio direito?
    Com o resultado do eco normal, posso praticar esportes como mergulho livre e/ou autônomo?
    Desde já agradeço e aguardo sua resposta (torcendo para que seja boa, pois minha próxima consulta será só em janeiro..rss)

    Um abraço

    Post a Reply
  63. Olá Dr.
    Tenho distúrbio de condução do ventrículo direito.
    Minha médica já havia me dito que poderia ter arritmias, mas que não seria nada grave.
    Nos últimos dias tenho sentido como se meu coração parasse ou que saísse do lugar, depois ele voltar a bater normalmente.
    Estou ficando preocupada, pois já me deu 5 vezes em um só dia.
    Será que é grave?
    A menos de um mês fiz um eletro e deu tudo normal. O médico até disse que não dava pra acreditar que tenho distúrbio.
    Desde já agradeço.

    Post a Reply
  64. Olá Dr.

    Tenho 26 anos e tenho leve hipertensão mas com remédio atenolol 50 mg ela está sempre controlada.

    Eu faço caminhada e corrida. Nunca nem cheguei perto de ficar cansado nos treinos. Comecei a fazer corridas e sempre foi tudo normal. Mas há 02 semanas tive 02 crises de taquicardia ao subir escada e levantar da cama. Tive batimentos acelerados e palpitações , mas não fiquei cansado. Elas pararam em pouco tempo.

    Quando fui ao médico com taquicardia minha pressão estava 17×8 e quando fiz o eletro deu que estava normal. Há dois anos fiz ecodopler e deu tudo normal tb.

    Mas estou com medo de ser algo grave devido aos treinos que fiz. Eu não tenho palpitações ou taquicardia ao fazer mais nenhuma outra atividade. Subo um morro bem pior do que a escada de minha casa para trabalhar e não me dá palpitação e nem taquicardia, nem fico cansado.

    Eu trato com psicólga a minha ansiedade. Será que essa ansiedade está disparando meu coração?? Pois as 02 vezes que tive foi subindo a escada e levantando da cama quase no mesmo horário.

    Tenho uma consulta com o cardio marcada para a próxima semana.

    Abraços e continue com o bom trabalho.

    Att – V. R. M

    Post a Reply
  65. olá, gostei muito do seu comentário, teho buscado mais informações sobre meu caso, mas só encontro fragmentada, e por isso acaba por gerar duvidas, nasci com uma ma formação da valva Mitral, mas nunca foi tratada, descobri por acaso através de um eco, mas ela apresenta refluxo , regurgitação, turbulencia e degeneração maximatosa, por causa disso a valva Tricuspide entrou em insuficiencia, grau 1, o Atrio esquerdo agora está com 52 mm, e o ventriculo esquerdo esta com insuficiencia cardiaca grau 1, tenho falta de ar e episódios de cianose de extremidade, e edemas em MMII, to preocupada, no holter acusou extra sistole atrio e supra ventriculares, onde posso pesquisar mais sobre isso? e tambem sou hipertensa tenho 50 anos, e minha familia tem muito caso de morte subta do lado paterno

    Post a Reply
  66. Doutor me ajude, fiz um cateterismo a oito anos atras, pois tinha um fio a mais no coracao e fiz uma ablacao, meu medico disse que queimou quase tudo ficou so umpouquinho de nada sou muito ansiosa tomo daforin e alprazolan que a minha psiquiatra passou tenho panico…. Em fim nao vivo porque tenho estra sistoles todos os dias e tenho medo de morrer e deixar minha filha, ja fiz todos os exames e nao da nada as vezes nem as extra saem no exame o q e isso posso morrer disso, nao viajo nao faco nada por causa disso, me ajude, me responda com clareza.
    Obrigadaaaaa… Estou esperando.

    Post a Reply
  67. Dr. Leonardo olá,

    Meu nome é Karim, tenho 31 anos, e iria me submeter a uma cirurgia plastica estetica, quando me pediram um eletro, fiz e deu extrassistoles ventriculares frenquentes bigeminadas, meu cirurgião pediu novamente o exame, fiz em outro laboratório e deu o mesmo resultado, fui encaminhada para um cardiologista, o qual me submeteu ao hotler, eco e esteira, hj fiz o eco e esteira, os médicos me disseram que não viram extrassistoles alguma, o hotler vai ficar pronto em uma semana. O que gostaria de saber é se seria possivel dar o mesmo resultado em 2 exames iguais, mais em laboratórios diferentes a mesma coisa e não ser extrassistoles!
    Meu cardiologista escutou meu coração e disse que realmente elas são frenquentes. Me surgiu esta duvida pelo fato de não terem aparecido neste dois exmes eco e esteira.
    Já grata pela sua atenção,
    Att.

    Karim Muniz

    Post a Reply
  68. ola doutor leonardo alves , tenho extra sistole e a minha é frequente as vezes sinto duas ou mais batidas diferentes , o q tenho q fazer?? ja fiz eletrocardigrama , ecocardigrama e esteira ,meu coração deu normal.

    Post a Reply
  69. Boa noite!
    Tenho um transtorno de ansiedade, tenho sentido extra sistoles, dores nas costas, maxilar e picadas nas maos, e manifestam-se estes sintomas em atividade fisica. Toda a gente me diz que é normal, mas tenho um medo enorme de morte. Será motivo de preocupaçao? Ja fiz electrocardiograma e nao acusou nada assim como analises ao sangue. Ando a ser tratado com Alprazolam para a ansiedade, abraço!

    Post a Reply
  70. Olá DR.. meu nome é Alexandre tenho 35 anos, recentemente fazia atividades fisicas a noite e antes destas atividades eu tomava um suplemento (pré-treino que na sua composição tinha 300mg de cafeina e 3g de creatina) e uma certa noite acordei com o coração acelerado e boca seca e a pressão alta e fui ao hospital, e fiz exames de sangue e do coração onde os de sangue deram normal e o do coração deu no eletro (bloqueio do ramo direito) e o eco (extra-sistoles frequentes), o que isso quer dizer ????
    OBS. já cortei o suplemento, café que eu tomava de mais e também deixei de praticar atividades fisica

    Post a Reply
  71. QUERIDO DR. LEONARDO, É EM MEIO A LÁGRIMAS Q VENHO AGRADECER SUA PÁGINA NA INTERNET. SOU UMA PESSOA SUPER, MEGA, ULTRA, POWER ANSIOSA E ALGUNS DIAS ATRÁS, FUI PARAR NA EMERGÊNCIA COM OS BATIMENTOS CARDIÁCOS IRREGULARES, COM DIREITO A PARADINHAS SUPER INCÔMODAS, QUASE PIREI O CABEÇÃO. FOI DIAGNOSTICADO APÓS ECG EXTRASSÍSTOLES, SEM QUALQUER GRAVIDADE, TODAVIA FUI ENCAMINHADA AO CARDIOLOGISTA PARA AVALIAÇÃO AINDA MAIS PROFUNDA. OBRIGADA PELOS SEUS ESCLARECIMENTOS, TENHA UM ANO NOVO CHEIO DE VITÓRIAS E Q ATRAVÉS DE SEUS CONHECIMENTOS, VC CONTINUE AJUDANDO MUITAS PESSOAS, AFINAL DE CONTAS, QUEM NÃO NASCEU PARA SERVIR, NÃO SERVE PARA VIVER. ABRAÇÃO!!!!!!!!!!!!!!!!!

    Post a Reply
  72. Holla Dr !!!
    Gostaria de saber algo sobre este problemas arritmia cardiaca, eu no caso corro e nunca senti nada, e hoje fui em uma consulta e na hora o médico viu que eu estava com a pressão alta, e falou que meu coração batia acelerado e depois ficava lento. isso pode ser grave ? mesmo sabendo que nunca senti nada referente a isso ?
    E se eu fizer um tratamento certo posso fazer o teste de aptidão fisica da PM ?

    Post a Reply
  73. Olá, Leonardo. De vez em quando, tenho arritmias extrassistólicas ventriculares isoladas. Posso praticar exercícios físicos, como musculação? Há algum risco? Obrigado pela atenção.

    Post a Reply
  74. tenho 33 anos, 1,72 alt., 84 kg.,pratico corrida há 5 anos e desde o início sempre sentia umas batidas extras.uma vez em 2007 acordei de manhã cedo com o coração disparado e senti várias batidas irregulres, fiquei nervoso mas depois passou.desde então era raro mas de vez em quando as sentia.fiz alguns eletrocardiogramas e nunca dava alteração.porém o último ano passado, com outro cardiologista constou bloqueio do ramo direito, mas o cardiologista falou que não é nada pra se preocupar e que eu deveria continuar as corridas normalmente.entretanto sinto arritmias quase todos os dias, se fico ansioso ou depois das corridas geralmente por um breve período e mais tarde melhoram.mas praticamente toda semana as sinto.já passei 1 até 2 meses sem as sentir mas depois voltam.
    trabalho com vendas e pelo estresse (de sempre) e refrigerantes à base de cola regularmente sei que posso estar contribuindo com isso.mas a pergunta é: será que devo fazer outros exames ou mudar de médico? será que se o problema persistir pode complicar a saúde do meu coração, ou terei que fazer ablação por cateter?
    por favor me dê uma opinião.obrigado.

    Post a Reply
  75. Dr. Leonardo, eu não sei o que faço, estou com muito medo, eu sinto extra sístole e depois que eu fiz o eletro a cardiologista disse que estava normal, apenas com extra sístole, mas eu fico muito preocupado diariamente, quando mostrei o exame a outro cardiologista ele falou que é ansiedade, fiz o ecocardiograma e meu coração está normal totalmente, tudo bem, nem deu extra sístole. Vou fazer o ergométrico e ainda fico muito preocupado, e relaciono qualquer incomodo no braço, nas costas a essa tal extra sístole, sinto medo diariamente, sou realmente ansioso minha pressão é perfeita, entre 12, 11, mas só isso, sou muito nervoso a nível de medo. Meu emocional anda meio abalado também pelo fator de eu ter perdido um amigo a pouco tempo por suicídio….enfim, todos os meus amigos e meus pais dizem que eu estou paranoico, e que é psicológico, mas realmente de tanto pensar nisso ele está abalado e estou deixando de fazer muita coisa que adoro por causa disso, como futebol, sair com amigos, malhar, correr na praia e estou emagrecendo com medo de algumas comidas…o que senhor acha que eu tenho e devo fazer?

    Muito obrigado desde já.
    Informação é tudo!!

    Post a Reply
  76. Dr. Leonardo, tudo bem? Estou aqui lendo os posts e, se puder, poderia me ajudar numa dúvida. Sinto extra-sístoles desde 2009. Começou um dia vinha nos outros não, daí vinha uma seguida de outra, depois fica dias e dias sem. Teve dias que veio uma que demorou cerca de 6 segundos para voltar ao normal. Até hoje tinhas mais de meses que não sentia quase nada, a não ser uma ou outra rápida. Hj veio e ficou indo e voltando, com duas, três seguidas, das 17 h às 22 horas, mais ou menos, tomei um propanolol 40 mg.Minha médica passou meio comprimido, mas disse que era só pra me tranquilizar, pq não precisava.Geralmente,não fico assustada. Espero, respiro e bola pra frente.Mas hoje fiquei pq não parava..tipo dava uns minutos e vinha de novo e depois de novo e algumas seguidas. um horror. Pode ser comum isso? Já fiz dois holters, um deu nada e o outro 9 extra-sístoles supraventricular isoladas. mas nada nada igual hj. Tem 3 dias que não tomo Puran T-4, hj de manhã que tomei, tomo 25 mg todo dia de manhã, mas tinha esses dias que não tomava.Tb tenho falta do hormônio progesterona. Não sei se tem a ver, mas tipo hj foi muito estranho…pensei que não ia parar pq demorava algumas e toda hora vinha. Mas agora parou. Já agradeço. Sabrina.

    Post a Reply
  77. dr sou isabel cristina e estou desesperada estou sentindo meu coração dar pausa quase todo o dia a noite piora mais tomo atenelol 25mg metade só mias estou em panico quando me da as palpitações penso que vai parar tenho medo de morrer ,tenho pvm e na epoca de mestruar é pior ainda a ultima que tive pausou e causou uma dorzinha la no fundo fiquei em desespero me ajude me de uma explicação se palpitações mata com pvm

    Post a Reply
  78. olaaa doutor
    tenho 16 anos e sou atleta de futsal feminino fiz um raio x, e um eletro nao constataram nada foi no teste de esteira que vi que tenho uma extrassistole o medico me proibiu de jogar isso e normal? a proibiçao da pratica esportiva.
    de quanto a quanto tempo demora pra voltar ao normal? e oq posso fazer pra noa sentir mais isso?

    Post a Reply
  79. ola doutor…primeiramente parabens pelo bolg,faço tratamento de sindrome do panico e tomo medicamento para hipertensao,captopril,hctz,e selozok,e o meu medo e de sofrer um problema cardiaco e morrer tenho 30 anos,estava sentindo como se o coraçao tivesse falhando fiz o electron e segundo o medico nao deu nada,ai fiz hotter 24hs,e esta escrito o seguinte no laudo.atividade ectopica ventricular isolada de grau rara,observadas 10 extrassistoles ventriculares durante o exame,o qisso significa?estou em tratamento com psicologo tbem e comecei uma dieta por causa da obsidade,mas com o apoio da nutricionista,por favor me responda………

    Post a Reply
  80. OLA DR TUDO BEM GOSTARIA DE SABER SE SELOK 25MG É BOM PARA EXTRA SISTOLE E PRESSÃO ALTA ? SOFRO DE EXTRAS E PRESSÃO ALTA MAIS BEM CONTROLADA .. SOFRO TAMBÉM DE SÍNDROME DO PANICO … MEUS EXAMES SÓ DEU EXTRAS SISTOLE ME AJUDE DR E SE OS REMÉDIOS QUE EU TOMO PARA O PANICO PODE ATRAPALHAR MINHA CURA DO EXTRA SISTOLE TOMO PARA O PANICO FRONTAL E PONDERA .. OBRIGADO .. DEUS ABENÇOE …

    Post a Reply
  81. Dr. Leonardo, boa tarde!
    Gostaria de dividir algo com o senhor. Tenho extrassístoles há mais de três anos, pelo menos três durante todo o dia.
    De dezembro/2012 pra cá estou fazendo uso de geleia real rigorosamente toda manhã em jejum.
    Qual foi minha surpresa que as extrassístoles desapareceram. Não tenho uma sequer.
    A vontade em saber se a geleia real tem participação nessa cura é muito grande. Muito mais pessoas poderiam se beneficiar o senhor não acha?
    Agradeço a atenção.
    Silmara Rocha/Votorantim-SP

    Post a Reply
    • Nossa que interessante este seu comentario, estou muito interessada na resposta pois tenho extrassistoles tmb ha tres anos e agora no final do mes fui parar no PS com arritimias e passando muito mau! fui afastada do meu emprego pois o psiquiatra relatou que estou com muito estresse e ansiedade (sindrome de Bounout).
      Qual foi a resposta do doutor?

      Obrigada e boa sorte!
      Ana Paula

      Post a Reply
  82. no meu caso meu pai faleceu infarto, minha mãe tem também PA alta, colesterol alto, enfim.
    mas vou falar de mim, a algum tempo fiz um eco que constatou escape de valvula mitral, nada grave, mas apos 5 anos depois de certos desconfortos, retornei a outra cardiologista onde em todos os exames aparece extrassistole ventricular, e no teste ergometrico teve uma elevação da PA muito grande. minha cardiologista pediu para anotar o intervala das arritimias e parar ver se tem necessidade de algum medicamento. pediu para suspender alguns medicamentos que estava usando para outros tipos de patologia, exames de sangue deu um pequena elevação do trigliceridios, só tenho 27 anos e ando preocupada porque ela so me disse que a preocupação dela era mais por causa do historico familiar, devo me preocupar ou não, desde já agradeço.

    Post a Reply
  83. desde 2000 que venho sentido extrasistoles e horrivel fico com tonturas e parece que vou morrer ja fiz holter e acusa sempre 13 supra ventriculares e 11 ventriculares,na prova de esforço naõ acusa nada e neste ultimo ecocardiograma que fiz acusou espessamento da aorta mas o cardiologista disse que naõ era para me preocupar mas fazer caminhadas e deixar de fumar.quando me irrito la vem as extrsistoles e sou muito ansiosa.quando elas vem costumo tomar um victan e melhoro .sera que sao de origem nervosa?

    Post a Reply
  84. Ola Dr Leonardo Alves,
    tenho praticamente todas as manifestações das extras sistoles,no meu Eletro de esforço deu distúrbio de condução pelo ramo direito e brda , o médico disse que é nada grave e que e meu coração esta bom , esses distúrbios pode ter alguma relação com Brugada?estou tomando Selozok ( metoprolol ) melhorei muito com essa medicação, não tinha me dado bem com o Atenolol.

    Post a Reply
  85. Essa matéria me ajudou muito!
    Sempre fui saudável e nunca precisei ficar indo em médico.
    Fazem quase 5 anos que meu pai faleceu de infarto, e de 2 anos pra cá… MORRO de MEDO de também ter um… Com isso, comecei a ter preocupações desnecessária, ansiedade e crise de pânico!
    Graças a Deus estou MUITO melhor, já que sabia da onde vinha os meu medos.

    O Problema é que sinto dores no peito, pontadas, e as vezes parece que alguns órgãos estão entrando em atrito… não sei muito bem dizer.
    Sempre fui parar no P.A e todos os eletros deram normais. Tanto que me indicaram procurar o gastro, pois era provavelmente algo do estomago. Procurei e descobri que tinha gastrite leve, oque nada tinha haver com as dores… E todos os cardiologistas, falam que isso é apenas espamos.
    No último cardiologista que consultei, fiz o teste da esteira e deu tudo normal, a não ser, na hora do descanso, ocorreu apenas uma exta sistoles isolada. O médico disse que é normal, mas para alguém ansiosa… isso é MUITO.
    Procurei outro cardio, que também pediu para eu ficar tranquila, porém vou fazer os exames complementares… Mas agora estou ansiosa com medo do resultado do holter.

    O estranho é que não sinto palpitações, ou coração parar ou o que geralmente as pessoas relatam… Sinto pontadas que os médicos dizem não ter nada haver com isso, que eu estou encanando.
    A única coisa que tenho sentido é umas pequenas ‘pontadinhas’ ou ‘tremidinhas’ hora no pescoço, hora na perna, hora no pé, braço… pensei que era dos batimentos, mas o médico disse que são FASCICULAÇÕES, também causada por stress e ansiedade.

    Estou meia perdida… Será que ocorreu esse extra sitsoles, por conta que no exame da esteira eu fiquei ansiosa, com medo do resultado e medo de passar mal?
    Isso pode ocorrer? De ter acontecido uma vez e normalmente eu não as te-la?

    Estou muito mais calma após ler essa matéria! Muito obrigada!

    E gente, ansiedade é tudo… faz você ficar mal em vários sentidos… Vamos nos controlar, curtir a vida, pensamento positivo… que tudo vai passando aos poucos!
    Eu controlando a ansiedade e tirando os medos, os meus sintomas estão bem melhores

    Boa Sorte!

    Post a Reply
  86. Olá Dr., eu tenho palpitações no coração ele não acelera e nem diminue os batimentos cardiacos, bate normal só que sinto as batidas fortes nos peito, e as vezes elas doem e isso esta me incommodando ja a alguns meses, o que pode ser, fui no cardiologista e meu eletro deu alteraçoes inespecificas da repolarização ventricular e ele pediu alguns exames de sangue e tb fui na psiquitria e psicologa e ela me receitou paroxetina no final doprimeiro mes, diminuiram as palpitações de todos os dias, passaram a dar uma vez por semana e mais fracas, agora estou no segundo mes e vou começar a trabalhar, e esta dando palpitações denovo ja tive ontem e hoje. o que pode ser isso é muito estranho, pode me ajudar tenho 26 anos!!!

    Post a Reply
  87. Ola Doutor gostei muito do sit !Tenho 16 anos e estou com extra sistoles ventricular esquerda frequente mesmo com o uso do atenolol continuo a sentir a 1 vez que deu o elet…deu taquicardia acentuada o cardio disce nao tenho risco eco,elet,..normal

    Post a Reply
  88. A é Dr queria saber se a arritimia extra sistoles ventricular esquerda frequente causa complicações no coração ? já que meus 3 cardio disce que o meu problema nao tem risco, disce o medico que o mais impor.. o eco esta normal presença de..exteira

    Post a Reply
  89. Doutor , Gostaria de saber se a extrassístoles, se agrava com o tempo, pois no inicio dava apenas de vez enquando, notei que fazem uns dois meses que esta sendo frequente, especialmente quando estou deitado em decúbito dorsal, ou lateral, estou preocupado

    Post a Reply
  90. Dr. Leonardo, boa tarde!
    Odeio ter que pedir ajuda em relação à isso novamente, pois, todos que conheço dizem que tudo o que está acontecendo é coisa da minha cabeça!
    Não tenho vicio nenhum, não fumo, não bebo e nem nunca usei drogas. Tenho 21 anos não tenho problemas cardíacos na minha família e sempre fui atleta, dês dos 14 anos jogo voleibol!
    Enfim, quando comecei a malhar quis criar músculos rapidamente então fiz um ciclo de Deca foram oito aplicações uma por semana. Depois que acabaram tomei um suplemento que o medico suspendeu dizendo que tinha cafeina e outras químicas que causam o excesso de animo e força.
    Fui ao médico um dia com o coração acelerado meus bpm estavam em 129 e minha pressão chegou à 17/13.
    Depois desse episódio fui a um Cardiologista particular o melhor da cidade segundo pesquisas, cheguei la completamente nervoso com os batimentos acelerados. Então ele mediu minha pressão e fez um eletro, o eletro mesmo no meu pico emocional estava normal segundo ele. Ele me indicou outros exames como Ecocardiograma e Hollter. O eco não deu problema algum e o Holter está pra sair o laudo. Como se não bastasse, eu senti uma reação estranha ao terminar de cantar meu coração desacelerou intensamente me deu até um mal estar.
    Estou ficando louco, por que o médico me disse pra ficar tranquilo e continuar meus exercícios físicos.
    Mas tenho medo de voltar as minhas atividades, penso que um dos problemas vão acontecer, o desaceleramento ou o aceleramento intenso.
    Não há um minuto no dia que não penso nesses problemas, não consigo nem assistir as aulas na faculdade. Ja até pensei em trancar meu curso. Preciso de ajuda!

    Post a Reply
  91. Boa tarde, Dr. Todos os exames que realzei acusaram PR curto, entretanto o Holter 24 hs e o Teste Ergometrico negaram qualquer arritmia. É grave? No eco acusou Insuficiencia da Valvula Tricuspide discreta. E tbm acusou Extrassistole isolada. Pode matar, esses problemas juntos?

    Post a Reply
  92. Realmente ando com meu batimentos estranhos, são rápidos tipo fica e 80 a 88bpm, quando durmo fica diferente n parece que bate, tum tum tum tum, e sim uma coisa que n consigo acompanhar, no pulso fica até difícil para sentir.
    Tenho 35 anos.
    Tenhos problemas de sistema nervoso
    Ansiedade
    Tenho 130 kg
    1.69mts
    Tenho um eletrocardiograma, que gostaria de estar enviando para análise, pois está sem o laudo.

    Post a Reply
  93. Realmente ando com meu batimentos estranhos, são rápidos tipo fica e 80 a 88bpm, quando durmo fica diferente n parece que bate, tum tum tum tum, e sim uma coisa que n consigo acompanhar, no pulso fica até difícil para sentir.Tenho 35 anos.Tenhos problemas de sistema nervosoAnsiedadeTenho 130 kg1.69mtsTenho um eletrocardiograma, que gostaria de estar enviando para análise, pois está sem o laudo, minha pressão está sempre normal 12/8 esses sintomas acontecem mais quando durmo.

    Post a Reply
  94. Dr. Leornardo Boa noite, estou muito preocupada sinto todos os dias um agitação no meu peito com se fosse uns tracos no peito e as vezes vem como um soco, e isso me deixa super anciosa e nervosa com muito medo de ser problema de coração por favor me ajude.me respondar o que pode ser isso já agradeço.

    Post a Reply
  95. Dr o meu exame holter fiz internada em repouso na conclusão deu extrassistole ventricular poliformica frequente isso é perigoso pois no eco deu prolapso na válvula mitral fico no aguardo bjs

    Post a Reply
    • Olá, Cristina
      Obrigado pela participação, pois é muito importante para direcionar novos posts.
      Para melhores orientações, consulte o seu médico de confiança, ok? Faça novas visitas no blog que estarei atualizando os temas de acordo com suas perguntas e sugestões.
      Seguindo as às orientações do Conselho Federal de Medicina, infelizmente não estarei respondendo diretamente as perguntas nos comentários; faremos novos posts relacionados ao tema ou atualizaremos os posts prévios.
      Grande abraço.
      https://www.facebook.com/DrLeonardoAlves
      Leonardo.

      Post a Reply
      • DR. LENARDO LINOLEN O FAMOSO OLEO DE CARTAMO PODE DAR EXTRA-SISTOLES EU ACHO QUE AS MINHAS ERA POR EU TER TOMADO POR UNS 3 ANOS DIRETO PARA EMAGRECER AGORA Q PAREI DE TOMAR MAIS OU MENOS UNS 6 MESES PRATICAMENTE ACABARAM. GOSTARIA DE UMA RESPOSTA OK!!! OBRIGADO Em 2 de abril de 2013 09:28, Dr. Leonardo Alves – Cardiologista escreveu:

        > ** > Leonardo Alves comentou: “Olá, Cristina Obrigado pela participação, > pois é muito importante para direcionar novos posts. Para melhores > orientações, consulte o seu médico de confiança, ok? Faça novas visitas no > blog que estarei atualizando os temas de acordo com suas pergu” >

        Post a Reply
  96. Boa Tarde Dr.
    Tenho extrassístoles com sintomas. No ano de 2010 comecei com 320. Em 2011 com 2.360 e em 2013 com 5129. O diagnóstico mais recente é : raras extrassístoles isoladas e 5129 extrassistoles ventriculares predominantemente morfológicas, isoladas e interpoladas. Não foram evidenciadas alterações evolutivas significativas no segmento SR-T, com bradicardia sinusal. Ausência de alterações evolutivas da repolarização ventricular que permitissem o diagnóstico de isquemia miocárdia.
    A minha atual arritmologista indicou o remedio cloridrato de setalol. O eco deu tudo normal, no teste ergométrico o laudo foi extrassistoles benignas com sintomas e não consigo fazer a ressonância, pois tenho fobia a locais fechados. Sou hipotensa e estou com medo de tomar esse remédio e dar alguma coisa no coração ou na minha pressão. O que o Sr acha? estou com muita vergonha de relatar para a minha médica o meu mais um fracasso. O pior é que quanto mais sintoma, mais medo eu tenho; parece que estou ligada a uma tomada elétrica, pois tenho essas extrassistoles 24hs do dia.
    Obrigada pela atenção.

    Resposta

    Post a Reply
  97. Dr. Leonardo, gostaria que o sr explicasse mais sobre extra sistoles aos pares ou tríades,como são os sintomas …são vários batimentos irregulares um seguido o outro ? por alguns segundos ?
    por favor tire minhas dúvidas. obg.

    Post a Reply
  98. Olá Dr. apresentei sintomas de EXTRA SISTOLE (dei entrada com arritimia no PS) e estou sendo medicada com PROPRANOLOL (12 e 12 horas) segundo o cardiologista deverei fazer uso continuo do remedio, gostaria de saber sua opiniao em eu estar fazer uso deste medicamento desta maneira? posso associar este medicamento ao SERENUS (calmante)?

    Muito obrigada,
    Ana Paula

    Post a Reply
  99. Boa tarde
    Sigo com interesse este blog e gosto dos seus conselhos, Dr Leonardo
    Gostaria de lhe colocar o meu caso:
    Tenho 54 anos e palpitações e “disparos no coração”desde há muito tempo. Já fiz vários exames que nada acusaram: Holter; prova de esforço; ecocardiograma;electrocardiograma.Os médicos sempre me disseram ser uma situação comum apenas provocada por alguma ansiedade.
    Há quinze dias, no meu trabalho, senti um baque enorme a subir pela garganta e e imediatamente perdi todas as forças, o coração acelerou muito e quase desmaiei.Entrei em grande estado de ansiedade, e continuei durante horas sem forças. Daí chamaram o serviço de urgência e no hospital fizeram-me um eletrocardiograma passadas 5 horas que nada acusou.
    Passados uns dias consultei um cardiologista que me disse ter arritmias e mandou tomar um beta bloqueante em dose baixa. Fiquei assustada com esta situação e com medo que se repita. DR, se me puder esclarecer: O meu caso é grave? Obrigado pela atenção

    Post a Reply
  100. Olá!fiz um holter e constatou no exame: 13.709 extrassistoles supraventriculares isoladas e várias atriais bloqueadas,além de 151 ESV polimórficas isoladas.sinto falta de ar (aperto no peito dificultando a respiração), cansaço e palpitação.vi que a ESV não é tão grave mas essa quantidade é perigosa?meu holter durou 21:58h.e o que significa essa “atrial bloqueada”?fiquei assustada com esses números.tenho 29 anos e estou um pouco acima do peso.já li os outros comentários e respostas, mas não vi nenhum com tantas evs no exame.desde já agradeço.gostei muito do seu blog.Parabéns!!!

    Post a Reply
  101. Olá, DR
    Tenho 2 extras sistoles, ventricular e supra ventricular, e prolapso da valvula mitral isso é grave?
    o médico me passou Ancoron 200 ml mas não resolveu

    Post a Reply
  102. OLá DR.Leonardo… Já sofro com essa extras há anos seguidos. Nesse momento estou sentindo há dois dias seguindos sem parar. Faço uso de propanolol e rivotril 2,5 . Elas batem no pescoço , no meio do peito é um grande sufoco. Parece que estou em crise de extras. Como ela veio de repente ela pode parar de vir? Ou preciso reforçar a medicação. O propanolol que uso é de 40 mg 2 x ao dia. Já fiz um Eco e meu exame foi perfeito com o coração todo preservado. Já o |Holter sempre acusa algo que os médicos dizem não ser nada de mais. Um gde abraço

    Post a Reply
  103. dr, o meu exame holter deu que meu ritmo sinusial com presença de periodos de bav de primeiro grau….com longos e frequentes periodos de bigeminismo totalizando 12362 batimentos, presença de 1 pausa de 2,1 segundos decorrentes de BAV de 2 grau tipo 2…gostaria de saber o que é BAV , e o que é BIGEMINISMO…Aguardo resposta. sou alessandra e to preoculpada

    Post a Reply
  104. Olá Dr. meu nome é aline, tenho 33 anos e extrassístoles desde os 19 anos. Perdi a conta de quantos cardiologistas já consultei, mas minhas dúvidas permanecem pois os sintomas só pioram a cada ano que passa. Sou bailarina, antes elas aconteciam apenas em repouso agora enquanto trabalho (danço) também. Já fiz Eco, holter, teste de esforço, tudo…. antes eram isoladas sentia um por semana, agora são diárias e passaram a ser juntas, umas dez juntas como se o coração quisesse mudar de lugar dentro do corpo, incrivelmente terríveis, um situação muito ruim. Os médicos me deram propranolol e rivotril qdo acontecessem as crises, ms são quase diárias… não sei mais o que fazer. Qualidade de vida zero.

    Post a Reply
  105. tenho pressão alta ha 3 anos, fis um holter e deu 13 extra-sístoles supraventriculares isoladas e estou com 21 semana de gestação corro risco de morte durante a gestação e principalmente durante a cesariana por favor responde o mais rapido obrigada.

    Post a Reply
  106. sim estou tomando atenolol e a pressão estar controlada.

    Post a Reply
  107. Olá doutor,
    eu tenho todos esses sintomas q vi aqui no blog… Pois bem, antes desse domingo q passou (30/06/2013), eu nunca tinha apresentado os sintomas. A que devo atribuir uma repentina mudança de comportamento do meu coracao? No sábado eu tive uma discussão feia com um familiar. Pode ser isso? E do msm jeito q vieram os sintomas eles podem ir embora?

    Muito obrigado!

    Post a Reply
  108. Ah, eu tenho esses batimentos pelo menos 10 vezes por hora. Eh muito ou normal pro caso?

    Post a Reply
  109. Doutor Leonardo boa tarde, eu tenho ansiedade e por vezes crises de pânico, já fiz vários electrocardiogramas e dão todos normais, já fui a vários médicos mas o problema é que penso que a ansiedade faz mal ao coração e pode até matar, então porque é que toda a gente me diz que a ansiedade não mata, incluindo médicos, pode-me esclarecer por favor! Obrigada

    Post a Reply
  110. Dr. Tenho 28 anos.meu exame acusou Extra-sistoles isso me fez sentir umas coisas ruins. Alguns me disseram ser síndrome do pânico. fiz vários exames de coração e cabeça. não deram nada, coração normal, apenas a Extra sistoles. Queria saber se posso continuar jogando futebol de salão? pois tenho medo de acontecer como vários jogadores que tiveram parada cardíaca em campo. e só jogando que perco essa ansiedade. obrigado

    Post a Reply
  111. Dr. Leonardo. os meus dois ultimos exames de esforço, acusaram extra sistoles ventriculares mas quando media minha pressao anteriormente nao acusava nada. mas de um mes pra ca sempre que meço minha pressao, acusa sempre falta de um batimento. Alem do mais quando chega a noitinha sinto uma pressao na cabeça dos dois lados dela e tambem um pouco de falta de ar. Isso e comum? faz parte desse sintoma?

    Post a Reply
  112. Olá Dr. Leonardo gostei muito do site, espero que o senhor possa me ajudar. Tenho 33 anos e ja notava que os batimentos do meu coração a algum tempo não estava normal, decidi ir ao cardiologista e ele realizou o eletrocardiograma. No exame apresentou “ritmo sinusal com extrassístole supra articulares”. Gostaria muito de saber se isso é grave. Agradeço a atenção. Abraço!

    Post a Reply
  113. eu te admiro muito doutor sou teu fã se eu fosse presidente eu aumentaria o salario dos médicos vcs são muito importantes rs….

    Post a Reply
  114. Boa tarde , tenho prolapso de válvula mitral , e como tenho sentido sensação de escorregamento no coração fiz o teste holter q deu 40 extrassistoles ventriculares isoladas , sou hipertensa , e estou muito preocupada .
    É perigoso , muito obrigada
    PATRICIA

    Post a Reply
  115. Boa tarde Dr. Leonardo,
    Passei em um concurso público e ao fazer o exame de eletrocardiograma, o laudo constou ectopia venticular, gostaria de saber se isso reprova no exame admissional?

    Post a Reply
  116. Olá, Dr. Cídio. Muito bom este blog.
    Quando eu tinha 21 anos aconteceu de eu estava agachada pegando algo no armário e quando me levantei senti um soco no peito que me deu um “puxão” para baixo, como se o meu coração tivesse levado uma pancada e tivesse sido empurrado para baixo, onde eu tive um movimento involuntário de quase agachar novamente. Meu coração batia numa velocidade tão rápida que parecia estar tremendo e não batendo. Corri e me deitei elevando as pernas (sei lá se era isso que tinha de fazer), o coração estava disparadíssimo/tremendo, mas em alguns segundos voltou ao normal. Depois do evento, não fui no médico pois como havia melhorado não me preocupei mais.
    Quando estava com 24 anos eu fui ao cardiologista porque eu tive uma crise de estresse (ou pânico) e meu coração ficou acelerado durante o dia inteiro. Ele me examinou com uma máquina no consultório e depois pediu para eu fazer um ecocardiograma. Ele disse que meus exames estavam ótimos e eu não tinha nada além de estresse. Falou para eu continuar tomando valeriana e tentar relaxar.
    Mas acontece que não contei para ele daquele episódio que relatei acima (do puxão e coração tremendo) e nem contei que eu usava toda a hora Sorine (que dizem fazer mal. Não uso mais). Penso que eu deveria voltar lá e contar para ele.
    Eu deveria estar preocupada por não ter dito a ele o que aconteceu há tanto tempo, ou é bobagem?

    Post a Reply
    • Ops! Dr. Leonardo, perdão. :)

      Post a Reply
  117. Boa noite Doutor, Extrassístoles Ventriculares Frequentes. >30 ectopias/hora. Devo me Preocupar?

    Post a Reply
  118. Apesar de minha cardiologista dizet que extrassistoles nao ė grave, e muito dificil conviver com elas, sinto extrassistoles o dia todo e fico muito preocupada querendo sair correndo p/ um hospital e na maioria das vezes chego no pronto socorro achando que vou morrer, faço eletrocardiograma, exame de sangue e o diagnostico e sempre ansiedade, remedio:diazepam .so quem tem sabe o quanto e ruim conviver com isso, nao e grave mas me deixa maluca.tinha q existir um jeito de acabar com essa agonia, tomo remedio (concor) nao esta fazendo efeito, estou indo no psicologo e a minha cardiologista acha q devo procurar um psiquiatra, se ficar dopada for a soluçao das extrassistoles, vou continuar com elas, mas quero chamar atençao dos cardiologistas:por favor achem um jeito de acabar com elas porque apesar de serem benigna elas incomodam muito.

    Post a Reply
  119. Ola Boa tarde!!!
    Gostaria de saber se quando os sintomas são muito frequentes em alguém que acabou de descobrir que tem extra sístole supra ventricular,existe algum risco,quais são eles,é normal essas dores serem tão constantes e intensas. Fico no aguarde

    Post a Reply
  120. Oi me ajudem fiz o exame fisiologico mas não apareceu arretimi nem palpitação nenhuma mas normalmente sinto o coração palpitar quando corro ou faço esforço fisico e agora me ajudem por favor não aguento mais socorrooo…

    Post a Reply
  121. No meu exame constatou q eu tenho extrassitoles artriais. O medico falou cmg q n é perigoso, verdade? Isso provoca falta de ar?

    Post a Reply
  122. Doutor
    por favor…preciso de ajuda! Tenho crises grandes de ansiedade de tempos em tempos. Sinto calafrio, uma descarga no corpo, como um choque, coração acelerado, respiração difícil, nó na garganta, amortecimento da boca, braços, etc. As extra-sístoles aparecem e deixam o ritmo cardíaco totalmente sem controle, são várias……coração totalmente descompassado. Já fui a 3 cardios, fiz vários exames e eles dizem q tudo está normal. Q o problema é ansiedade. Tento controlar, mas quando as extra-sístoles aparecem, fico como medo do meu coração parar. Consegui fazer um eletro qndo estava em crise….a atendente até ficou assustada pela falta de ritmo do coração. Mas o médico diz q tudo está normal, pq elas só ocorrem qndo estou muito ansiosa! Por favor….pode me dizer algo sobre isso. Já viu alguém com tantas extra-sístoles seguidas????? pode ser mesmo ela ansiedade. Sou muito estressada e ansiosa!

    Post a Reply
  123. ola dr.bom dia meu nome é Carine e gostaria de tirar uma duvida,minha mãe fez um exame ecg no ultimo sábado 30/11/2013 e a medica que realizou o exame falou que os batimentos dela tava fraco isso sem da realmente o resultado gostaria de saber se tem algum risco e porque acontece de um coração bater fraco .obriga e seria muito grata se me respondesse .bjus.

    Post a Reply
  124. Li todas as perguntas e respoatas, o q me auxiliaram bastante, pois meus sintomas se enquadram dentro do q foi perguntado e respondido..é de grande valia estas orientações, pois reforçam as orientações médicas q ja temos de n/medicos.. m/cumprimentos pela iniciativa, e ao mesmo tempo m/agradecimentos. Aproveito a oportunidade p/desejar a todos um ótimo natal, e um ano novo repleto de felicidades (se possivel s/extrassistoles).

    Post a Reply
  125. Antes de tudo, Parabéns, Dr.
    Fui diagnosticado, por meio de um ‘eletrocardio’. com extra-sístole supraventricular apesar de ST e T sem alterações .

    Bom, já tenho conhecimento sobre o assunto em questão mas gostaria de saber do senhor, caso possível responder-me quanto ao Eixo de +50Graus e PR= 0,16 , isso estaria de acordo com os padrões ?

    No mais, agradeço até aqui,
    Att,

    Post a Reply
  126. Olá, passei num concurso da PM e fiz o eletrocardiograma para o exame de saúde.
    O laudo diz o seguinte: Ritmo Sinusal; FC: 54 bpm; Sinais de repolarização ventricular precoce.
    Pesquisei algo sobre e vi que é comum em pessoas que fazem atividade física. Mas gostaria de saber se isso se torna um agente incapacitante e eles me excluam na seleção

    Post a Reply
    • lembrando as condições incapacitantes:
      Sistema cárdio-vascular:
       Anormalidades congênitas ou adquiridas;
       Infecções e inflamações;
       Arritmias;
       Doenças do pericárdio, miocárdio, endocárdio e da circulação intrínseca do
      coração;
       Anormalidade do feixe de condução e outras, detectadas no eletrocardiograma;
       doenças oro-valvulares;
       Hipotensão arterial com sintomas;
       Hipertensão arterial e taquiesfigmia;
       Alterações significativas da silhueta cardíaca no exame radiológico;
       Doenças venosas, arteriais e linfáticas.

      Post a Reply
  127. Bom dia,
    tenho extra-sistole ventricular e pressão alta e tomo Atenolol 25 mg há 6 anos. Comecei a tomar o atenolol junto com Fluoxetina para tratar pânico e depressão, e hoje Graças à Deus não tenho mais sintomas do pânico e depressão (estou curado), porém não consigo me livrar do Atenolol.
    Se eu ficar sem tomar Atenolol o meu coração fica muito acelerado e me dá muuita falta de ar, o máximo que consegui ficar sem tomar foi 3 dias e o que agrava mais a aceleração é depois que faço alguma refeição, aí o coração fica acelerado demais !
    Será que consigo ficar sem o Atenolol ?
    Pq meu coração fica acelerado sem ele e principalmente depois que faço algum tipo de refeição ?

    Post a Reply
  128. Olá, Dr. Leonardo.
    Tenho 20 anos e fui diagnosticado com uma arritmia cardíaca contundente por um cardiologista, o qual me encaminhou para um arritmologista. Dentre os vários exames que tal cardiologista me indicou, um deles, o sistema Holter, apontou a ocorrência de 3 extrassístoles ventriculares não pareadas. Eu estou no aguardo da minha consulta com o arritmologista, porém estou muito preocupado com a possibilidade de ocorrência de um mal súbito, já que pesquisei a respeito e me deparei com a síndrome de Brugada. O meu ecocardiograma não apontou nenhuma falha estrutural no meu coração e isso me preocupou ainda mais, pois um dos critérios dessa síndrome é a inexistência de qualquer falha morfológica do órgão. Estou fazendo uso diário de atenolol sob prescrição do cardiologista, mas ainda sinto dores esporádicas no peito. Eu gostaria de saber se há alguma coisa que eu possa fazer para evitar um mal súbito, e, caso este ocorra, quais seriam os sintomas.
    Além disso, eu gostaria de saber se o SUS oferece a implantação dos desfibriladores automáticos implantáveis, já que talvez esse seja o único tratamento para o meu caso e eu não tenho plano de saúde ou sequer condições de arcar com um procedimento desses.
    Desde já eu agradeço por sanar as minhas dúvidas e a minha tensão.

    Post a Reply
  129. Olha parabéns viu.. Toda vez que fico nervosa, qndo aparece essas palpitações, venho aqui me tranquilizar mais uma vez, sim pq já fui ao medico, claro, fiz todos os exames(sangue, holter, eco, eletro, ergométrico) e ele disse q esta tudo bem. Mais como elas não vão embora, fico nervosa sempre q elas aparecem. As vx sinto uma a trás da outra, qndo é assim fico ainda mais preocupada. Mais essas vx seguidas q sinto as palpitações, aceleração, seria uma consequência da mha primeira? vi que vc mencionou q qndo é mais de uma vez pode ser perigoso, seria meu caso? .obg.

    Post a Reply
  130. Olá doutor, me chamo sara tenho 33 anos, não tenho filhos estudo e trabalho. Nos últimos 2 anos geralmente à noite, venho sentindo não frequentemente umas batidas muito fortes e “abafadas” do coração (sem dor, apenas um pouco de falta de ar). São umas três batidas seguidas como se fosse um estufamento. Às vezes mudando de posição melhora um pouco. Não sinto aceleração cardíaca em seguida. Essa é a sequência dos fatos:

    Ritmo normal – Três batidas muito fortes e estufadas como se estivessem sob pressão (sendo pressionadas para sair de algum lugar) sem dor, só um pouco de falta de ar – Ritmo cardíaco normal por uns 2 minutos – Novamente três batidas com as mesmas características – outra vez o ritmo se normaliza por uns dois minutos e tudo volta a se repetir. Todo esse episódio dura cerca de 10 minutos e se extingue inexplicavelmente. Porém no outro dia pela manhã sinto uma certa ansiedade traduzida por uma discreta indisposição, cansaço como se tivesse feito atividade física, mãos e pés um pouco frios.

    Não sinto isso todas as noites geralmente uma vez por semana e as vezes de quinze em quinze dias.

    Detalhes: _TENHO MÁ FORMAÇÃO CONGÊNITA DE ESÔFAGO ( ESTENOSE COM 1 CM DE DIÂMETRO ). PORÉM NÃO APRESENTO APARENTEMENTE NENHUM OUTRO PROBLEMA DE SAÚDE QUE ESTEJA RELACIONADO A ESSA MÁ FORMAÇÃO.

    _ MINHA PRESSÃO ARTERIAL JAMAIS É SUPERIOR À “DEZ POR OITO”. ÀS VEZES É INFERIOR A ISSO.
    _ MEUS BATIMENTOS CARDÍACOS SEMPRE FICAM EM TORNO DE “80 POR MINUTO” EM SITUAÇÃO DE REPOUSO.
    _ FAÇO UMA HORA DE CORRIDA E CAMINHADA TODOS OS DIAS. TENHO ALIMENTAÇÃO SAUDÁVEL.
    _ SOU PÓS-GRADUADA E CONTINUO ESTUDANDO, TRABALHO SÓ PELA MANHÃ E ESTUDO À TARDE, SOU MUITO ATIVA E VIAJO BASTANTE. PORÉM ESTOU ASSUSTADA COM ESSES SINTOMAS QUE VENHO SENTINDO. MUITO GRATA PELA ATENÇÃO.

    Post a Reply
  131. OLá doutor!

    No meu holter deu extrassistoles ventricular polimorfica isolada rara e supraventricular isolada e pareada.

    Ausencia de alterações significativas da repolarização durante o exame.

    Sinto muita falta de ar, algumas ” batedeiras” no pescoço e as vezes pontadas fortes.
    Devo me preocupar? Tenho cardio maracado somente para o final do mes.

    Abcs
    Elisangela

    Post a Reply
  132. Dr. Boa noite.
    Hoje depois de ja ter investigado com dois médicos cardiologistas a possibilidade da minha filha de 10 anos ter arritmias hoje então, com o terceiro pprofissional, constatamos o fato, 8 extra sistoles em 76 batimentos, segundo a Dra. Mais de 10 % e ela entrou em tratamento com meio comprimido de 12 em 12 horas de Cloridrato de Propranolol. Gostaria da sua opinião, ela nuna se queixou de nada, mas hoje identificou alguns sintomas que tinha quando a Dra. Descreveu alguns. Quero saber se tem algum tipo de contra-indicação, ou efeitos negativos desta medicação, é uma criança ativa, faz natação, brinca bastante. Acho que ela pode levar uma vida normal, este tipo de arritimia, deve parar com a medicação e depois deixar de tomar este remédio. Obrigado.

    Post a Reply
    • Olá, Robson.
      É difícil para mim opinar sobre uma avaliação feita por uma médica, pois ela que examinou a sua filha. Espero que sua filha melhore.
      Em breve, voltaremos com posts específicos para estes temas.
      Abraços.

      Post a Reply
  133. Olá boa tarde, me chamo Daniel tenho 53 anos.

    Tenho extra-cisto ventricular e a minha pressão normal 12×8 sempre e tomo Atenolol 25 mg as vazes ancorão ha 2 anos. Comecei a tomar o atenolol porque estava me incomodando um pouco, e hoje Graças a Deus estou melhor Porém não consigo me livrar do Atenolol.Porem Eu uso descongestionantes nasal multi soro nariquiz e outros pode ser isso me dando o extra cisto acompanhado de batimento forte?
    Se eu ficar sem tomar Atenolol o meu coração fica muito doido e me dá um pouco de falta de ar, o máximo que consegui ficar sem tomar foi 2 dias e o que agrava mais a aceleração é depois que faço alguma esforço, aí o coração fica bem acelerado chega a 110-125 por mt! Na minha idade o normal seria faixa entre 50 e 70 bpm.
    Será que consigo ficar sem o Atenolol um dia???
    Será que vou ficar bom um dia preciso tratar de rinite e parar com os descongestionantes nasal.
    Por favor, me ajude.
    MUITO OBRIGADO
    ADEMIR DANIEL

    Post a Reply
  134. Olá, por favor, me de um esclarecimento.
    No exame de holter da minha mãe apareceu dois episodios de taquicardia ventricular não sustentada. sendo um de 133bpm e um de 73bpm. Gostaria de saber se apenas dois episodios já caracterizam a doença maligna, ou se ainda pode ser reversível. Ela teve 113 episodios de extra sistoles polimorficos. (não tenho certeza se o polimórfico é na taquicardia ou no extrasistole). Ela tem sindrome do pânico, coração está com estrutura NORMAL, não tem nenhum outro problema de coração (só um DISCRETO prolapso na valvula mitral, que os medicos disseram ser irrelevante e que não evolui, já que o coração está inteiro), ela está com hipotireoidismo e estava com pressão alta, a qual foi regularizada recentemente. Aguardo um retorno, obrigada.

    Post a Reply
    • Olá, Larissa.
      Sua pergunta é complexa pios são mutas variáveis e problemas de saúde associados.
      Pelo que vi, você já conversou com um médico que lhe deu orientações.
      Caso ainda tenha ficado na dúvida, procure-o novamente.

      Abraços.

      Post a Reply
  135. Dr. Leonardo, boa noite!
    Gostaria de sua opinião :
    Comecei a sentir o coração dar uns pulos fora do ritmo. Meu cardiologista prescreveu aradois junto com atenolol e , ainda, um remedio tarja preta para tomar à noite. Acho que é para problema do sist. nervoso simpático (?).
    Nunca tive isso, apesar ser hipertensa há muitos anos e tomar atenolol.
    Minha preocupação é porque há cerca de dois meses tive uma infecção bacteriana, que afetou meu ouvido. Depois de percorrer muitos consultórios, um dos otorrinos me deu antibióticos por 14 dias e fluimucil D. O exame de sangue não acusou mais a infecção, mas não sei se fiquei curada , pois ao aparecerem os sintomas do coração, venho pensando que a bactéria pode ter migrado para o coração! Isso é possível? Como saber se isso aconteceu? Tem exame especifico?
    Obrigada , desde já, pela atenção.
    Att
    Alba

    Post a Reply
  136. Boa tarde, Dr. Leonardo.
    Há 1 ano sofro de ataques de pânico, a maioria causada por fobia social. Sentia em momentos isolados (1 vez a cada 15 dias mais ou menos) a sensação da “paradinha”, parecia que o coração subia pra garganta e na hora ficava desesperada. Em setembro do ano passado fiz ECG, Holter, T. Ergométrico e exames de sangue (tireóide, potassio e outros..), todos deram normais. Só o holter que apresentou extrassistoles supraventriculares(04). NO entanto, de lá pra cá, minha ansiedade piorou e nos momentos de ataque de pânico, quando estou com taquicardia, eu sinto a a extrassistole. Ou seja, ela se tornou mais frequente (toda semana tenho um episódio). Já senti a paradinha na academia, no meio de um exercício leve, o que me fez abandonar os exercícios físicos, fico com medo de fazer e sentir de novo/piorar. É possível que estas extrassistoles evoluam e se tornem um risco maior? Essas ocorrências demosntram que tenho sistema eletrico propenso a outra arritmias no futuro? Sou sedentária, tenho esofagite por refluxo e gastrite. não fumo, não bebo e não consumo café.

    Post a Reply
  137. Dr. engraçado vejo todos falando de um numero bem baixo no holter…o meu ultimo deu 6800 supraventriculares tomo selozok 25mg mais mesmo assim me sinto muito mal e o que mais me incomoda são as dores no peito e palpitação pode ser fatal ou desencadear uma cardiopatia mais grave,,,ah esqueci de dizer que tenho também pvm com degeneração mixomatosa ….por favor doutor me ajude desde já obrigada

    Post a Reply
  138. Gostaria de uma informação, tenho artrite reumatoide e vou precisar fazer uma cirurgia no joelho, terei que tomar Raqui,tenho 41 anos e sou sedentaria e nos meus exames deram
    extrassístole ventricular totalizando 23 batimentos, sendo raros, polimorficas, isoladas e em pares. e tambem derrame pericardico discreto.
    Será que posso fazer a cirurgia tranquilamente?
    Grata
    Marisa

    Post a Reply
    • Olá, Marisa.
      Isso depende do Risco Cirúrgico… Só o número (alto ou baixo) de extra-sístole não diz nada.
      Veja o Risco Cirúrgico.
      Abraços.

      Post a Reply
  139. Prezado Dr. Leonardo.
    Qual a correlação que pode existir entre a extra sístole e os exercícios físicos?
    Sinto que quando pratico muitos exercícios de musculação, no dia seguinte tenho alguns momentos de extra sístoles.
    Obrigado,
    Orlando.

    Post a Reply
    • Olá, Orlando.
      Essa correlação é variável… Alguns pacientes relatam que o exercício melhora e outros dizem que pioram…
      – O sintoma que mais preocupa durante o exercicio é a TONTURA.
      Você já fez o seu check-up?

      Post a Reply
  140. Olá Dr. Leonardo!

    Parabéns pelo post, muito esclarecedor e confortante! Há alguns meses vinha sentindo alguns batimentos irregulares: de repente, sentia duas batidas muito fortes – e incômodas -, e logo após o coração voltava ao seu ritmo normal, ou seja, sem que eu sinta os batimentos. Muito incomodada, porque essas palpitações aconteciam dezenas de vezes ao dia, além de estar com dor no peito frequente, fui ao cardiologista, que me pediu vários exames, incluindo os de sangue. Todos normais, exceto o ecocardiograma, que indicava prolapso da válvula mitral – não me lembro os termos técnicos, mas não tinha qualquer complicação ou “refluxo” -. Além disso, o holter indicou 81 “ectopias ventriculares isoladas”, as extrassístoles.

    A cardiologista observou também que minha frequência cardíaca estava alta. Isso foi outro sintoma que observei ter vindo junto com as palpitações e a dor no peito: mesmo caminhadas leves já me faziam ficar ofegante e com o coração acelerado. O simples ato de levantar e andar poucos metros já fazia eu sentir meu coração bater muito rápido. Lembrando que não sou sedentária, tenho uma alimentação saudável, não fumo e bebo raramente, tenho 22 anos e prático musculação pelo menos 3x por semana.

    Enfim, ela me disse que não era necessário me preocupar com as extrassístoles e a dor no peito, que atribuiu ao prolapso, mas que pediria um outro exame para verificar a frequência tão alta, o “tilt test”.

    Como sou uma pessoa bastante ansiosa e tenho algumas crises de pânico, fui ao psiquiatra, que me receitou Zoloft 50mg. A ansiedade até explicaria as extrassístoles e a dor no peito, mas e o batimento cardíaco acelerado? Minha FQ cardíaca máxima foi de 171, isso em uma simples caminhada de 3 quadras (!).

    O que o senhor acha sobre esse quadro? O uso do medicamento Zoloft não vai me causar mais taquicardias e palpitações? A que pode ser atribuída essa FQ tão alta – essa que realmente me preocupa!-?

    Post a Reply
    • Olá.
      Toda medicação tem efeitos colaterais e tudo dependerá da reação do seu corpo ao medicamento…
      Acho bom você aguardar o resultado do tratamento e discutir cada detalhe com seu médico… assim, ele pode ajustar a dose do medicamento ou trocá-lo, se for o caso.
      Espero que melhore.

      Post a Reply
  141. DR LEONARDO . MIM RESPONDA POR FAVOR A MINHA PERGUNTA EU FIZ O HOLTE E RESULTADO FOI 1.ritmo sinusal regular com intervalo com pr e complexos qrs normais . 2.ausencia de batimento ectopicos supraventriculares ou ventricular 3 .alteracao inespecifica da repolarizaçao ventricular 4 .ausencia de sitomas EU STOU DISISPERADA EU NAO SEI O QUE SIGNIFICA EU TENHO SIDROME DO PANICO EU SO VOU PRO CARDIOLOGISTA DIA 5 DE JUNHO MIM TIRE ESSA AGUNIA OBRIGADO

    Post a Reply
  142. Olá doutor! Tenho muita preocupação, concernente ao maus batimentos cardiácos, pois ao puxar o folego meu coração acelera,e ao souta-lo ele a té chega a parar por ate 2 segundos a três mais ou menos, as vezes penço que não vou amanhecer vivo, tanto é o desconforto, seria isso sintomas dessa doença da qual o senhor comenta!?

    Post a Reply
    • Olá, Carlos.
      A frequência cardíaca oscila com a respiração, sim.
      Acho que você não terá uma parada cardíaca, não – mas quê tal fazer um checkup com seu cardiologista de confiança?
      Abraços.

      Post a Reply
  143. Dr. Leonardo Alves, boa noite.
    Tenho extra sístoles e meu cardiologista se preocupa em tratar com medicação. Passou para um especialista em extra sístole, que pensa totalmente ao contrário. Disse-me que se começar causar incomodo, ai sim seria a hora de tratar (mais ou menos isso). Vou descrever abaixo o resultado do exame que fiz em 2012 e 2014, que por sinal foram no mês de maio.
    EXAME DE HOLTER 2012

    Freq. Cardiaca Média 76 bpm Extrassístole Ventriculares 1141
    Freq. Média Minima 67 bpm Extrassístole Vent. Pareadas 0
    Freq. Média Máxima 86 bpm Taquicardiaca Ventricular 0
    Freq. Cardiaca Minima 57 bpm Extrassistole Supraventriculares 13512
    Freq. Cardiaca Máxima 103 bpm Taquicardia Supraventricular 0
    Total de Batimento Registrado 104701 bpm Variabilidade RR (SDNN) 96

    EXAME DE HOLTER 2014
    Freq. Cardiaca Média 82 bpm Extrassístole Ventriculares 0
    Freq. Média Minima 72 bpm Extrassístole Vent. Pareadas 0
    Freq. Média Máxima 92 bpm Taquicardiaca Ventricular 0
    Freq. Cardiaca Minima 60 bpm Extrassistole Supraventriculares 15924
    Freq. Cardiaca Máxima 111 bpm Taquicardia Supraventricular 0
    Total de Batimento Registrado 112043 bpm Variabilidade RR (SDNN) 102
    Estou aguardando o parecer do cardiologista que é específico na área de arritmia para depois levar ao meu cardiologista.
    Dentro dos resultados acima, sendo uma pessoa de 52 anos que não sente nada o que tem a dizer.
    Informo que em 2010 para 2011 passei por um tratamento de depressão por stresse.
    No aguardo de uma opinião.
    Agradece-lhe.

    Heuley Alves Damasceno

    Post a Reply
    • Olá,
      Você tem predominantemente Extrassistole Supraventriculares (15924).
      A decisão sobre o tratamento é realmente pessoal e as opiniões entre os médicos pode variar um pouco.
      Ele deve ter feito avaliações e o exame que fez em você…
      Desejo-se sorte.

      Post a Reply
  144. Boa noite dr, extrassistoles ventricular de 304 não tem porque se preocupar né.no eco tudo normal,sem colesterol,sem trigliceres.

    Post a Reply
  145. Estava com extrassistoles, é muito incomodo viver com elas.Fiz todos os exames possiveis e tentativas com medicamentos, só consegui melhorar mascando chicletes. Qual a sua opinião sobre isso?

    *** Trial period expired. Please subscribe to the service. Request number 847744d5e6e1b13af659e6cc9d250e3f. Antispam service cleantalk.org. ***

    Post a Reply
    • Olá, Leonardo.
      “Fiz todos os exames possiveis e tentativas com medicamentos, só consegui melhorar mascando chicletes.”

      Pois bem. Interessante.
      O que posso lhe dizer é que alguns medicamentos melhoram SÓ UM POUCO dos sintomas dos pacientes, sabe… por isso que essas arritmias são frustrantes.
      O chicletes melhorou: ÓTIMO… ÓTIMO… ÓTIMO…
      Provavelmente ele agiu na sua ansiedade e acabou reduzindo a causa dessas arritmias.

      Mas…
      Melhor usar o chicletes SEM AÇÚCAR.

      Abraços.

      Post a Reply
  146. Olá Dr. Leonardo ,me chamo Allane , tenho 14 anos e há 1 ano mais /menos , descobri que tinha arritmia ExtraSistoles , fico mais aliviada em saber que não mata , sempre esqueço de perguntar a minha cardiologista . Post maravilhoso . Parabéns pelo trabalho!

    Post a Reply
  147. DR EU FUI DIAGNOSTICADO COM ( WPW ) FIQUEI MUITO ABATIDO QUANDO RECEBI ESSA NOTICIA.. FUI PROIBIDO DE FAZER EXERCÍCIOS E TRABALHOS PESADOS ETC.. A CURA PARA ESSE PROBLEMA??? GRATO

    Post a Reply

Trackbacks/Pingbacks

  1. PVM (prolapso valvar mitral) e suas consequências… | Dr. Leonardo Alves – Cardiologista - [...] O prolapso valvar mitral (ou prolapso da valva mitral) é uma condição clínica bastante comum no consultório do cardiologista. …
  2. “Palpitações! Quando vão melhorar, meu Deus!” | Dr. Leonardo Alves – Cardiologista - [...] vezes, o tratamento melhora as PALPITAÇÕES (que é a percepção das extra-sístoles) mas as extra-sístoles continuam lá (no holter) …
  3. PVM (prolapso valvar mitral) e suas consequências… | Sopro no Coração - […] O prolapso valvar mitral (ou prolapso da valva mitral) é uma condição clínica bastante comum no consultório do cardiologista. …

Submit a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>